Wallace não vê problema em seguir como '9' do Nautico

Meia foi improvisado no ataque e marcou dois gols na vitória por 3x0 diante do Sport, na Arena

Wallace Pernambucano decidiu o Clássico das Multidões, mas se lesionouWallace Pernambucano decidiu o Clássico das Multidões, mas se lesionou - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Das várias mudanças feitas pelo técnico Roberto Fernandes no Clássico dos Clássicos da última quarta (24), na Arena de Pernambuco, pela terceira rodada do Campeonato Pernambucano, a que chamou mais atenção foi a improvisação de Wallace Pernambucano no ataque. O meia de origem foi escalado para ser o 9 do Timbu contra o Sport e não decepcionou.Autor de dois dos três gols na vitória por 3x0, o atleta se colocou à disposição para seguir como centroavante do time para a sequência da temporada.

"Não vejo problema. Não faz diferença ficar no meio ou no ataque. Quero trabalhar firme e conseguir meu espaço. Sempre tive o sonho de jogar em uma grande equipe do estado", afirmou Wallace.

Leia também:
Roberto destaca esforço dos atletas em goleada no clássico
Náutico goleia Sport na Arena de Pernambuco

Essa não foi a primeira vez que o meia foi deslocado para a posição . Ele, inclusive, atuou desta forma com o próprio Roberto, há dois anos. "Nada que a gente faz é por mero acaso. Wallace, em 2016, foi fundamental jogando de '9' comigo no Confiança. Um dos grandes responsáveis pela arrancada do time na Série C, quando quase conseguimos o acesso. Encaixamos ele na posição na ocasião e sabíamos que ele poderia voltar a fazer isso na hora certa", disse o treinador.

Após a boa exibição diante do Sport, Wallace pode ser mantido como centroavante. As outras opções do treinador são Daniel Bueno, então titular, Wagner Lauretti e Tharcysio, prata da casa que também balançou as redes no Clássico dos Clássicos.

Veja também

Olympique de Marselha aguarda resposta de Sampaoli
Futebol

Olympique de Marselha aguarda resposta de Sampaoli

Remo e Brasiliense disputam título inédito da Copa Verde nesta quarta
Copa Verde

Remo e Brasiliense disputam título inédito da Copa Verde nesta quarta