Werdum é pego em antidoping fora de competição

Aos 40 anos, o gaúcho Fabrício Werdum se preparava para fazer a luta principal do primeiro evento do UFC na Rússia

Werdum iria lutar no UFC Rússia, neste sábadoWerdum iria lutar no UFC Rússia, neste sábado - Foto: AFP

A Usada (Agência Antidoping dos Estados Unidos) anunciou, nesta terça-feira (22), que o lutador brasileiro Fabrício Werdum foi notificado sobre uma possível violação da política antidoping da entidade. O brasileiro era cogitado para encabeçar o card do primeiro evento da história do UFC na Rússia. O gaúcho enfrentaria Aleksei Oleinik, no dia 15 de setembro. Com a notificação da Usada, ainda não se sabe se a programação de Moscou será mantida.

A violação foi confirmada pelo UFC em nota oficial. De acordo com a organização, o lutador foi reprovado em uma coleta feita em 25 de abril, fora do período de competição. Vale lembrar que a notificação não é considerada uma acusação de falha no antidoping. No entanto, desde que a Usada passou a cuidar dos exames do UFC, nenhum lutador notificado deixou de ser suspenso até o fim das investigações.

Leia também:

Anderson Silva cogita suplementos contaminados em doping
Brasileira do UFC é suspensa por dois anos por doping
Após suspensão por doping, Lyoto volta renovado para UFC

Aos 40 anos, Werdum chegou a conquistar o cinturão interino dos pesados do UFC em novembro de 2014, ao nocautear Mark Hunt. Em junho de 2015, assegurou o título linear ao finalizar Cain Velasquez. Porém, perdeu o cinturão em maio de 2016, quando foi nocauteado por Stipe Miocic. De lá para cá, tem oscilado nos combates. Werdum tem 23 vitórias, oito derrotas e um empate na carreira.

Veja também

Taison de volta ao Inter e Walter no São Caetano: confira as movimentações do mercado da bola
Futebol

Taison de volta ao Inter e Walter no São Caetano: confira as movimentações do mercado da bola

Louzer acompanhará Sete de Setembro x Sport in loco
Sport

Louzer acompanhará Sete de Setembro x Sport in loco