Willian Maranhão deixa o Santa após empréstimo do Boa Vista

Aos 22 anos de idade, o volante teve o Santa Cruz como o segundo clube da carreira e disputou o Campeonato Brasileiro da Série C

Volante Willian Maranhão acertou com o Santa Cruz até o fim da Série CVolante Willian Maranhão acertou com o Santa Cruz até o fim da Série C - Foto: Santa Cruz/divulgação

O sétimo jogador a sair do Santa Cruz foi o volante Willian Maranhão, que foi emprestado pelo Boa Vista/RJ, clube no qual pertence, até o fim do Campeonato Brasileiro da Série C. Contratado durante a disputa da Terceira Divisão, o jovem de 22 anos se firmou como titular sob o comando do técnico Roberto Fernandes e jogou nove partidas em sua passagem pelo Arruda.

O Santa foi o segundo clube da carreira do cabeça de área, que se despediu do Tricolor em sua rede social. Este ano, ele ainda jogou o Campeonato Carioca pelo Boa Vista/RJ. “Queria agradecer a essa imensa torcida, aos atletas, aos funcionários e a diretoria. Infelizmente o objetivo do acesso não foi alcançado, mas deixo aqui toda minha gratidão a esse grande clube, que com certeza vai voltar logo à elite do futebol”, declarou Willian Maranhão, natural de São Luís/MA.

Leia também:

Lima é o primeiro a sair e Santa inicia reformulação do elenco 

Trio deixa o Santa e volta ao Palmeiras após empréstimo  

Artilheiro e jogador mais presente, Robinho deixa o Santa 

 Genilson se despede do Santa Cruz em sua rede social

Antes de Willian Maranhão, mais seis atletas já haviam deixado o Santa Cruz: o zagueiro Augusto Silva, o lateral-direito Maílton e o volante Johnny retornaram ao Palmeiras, o atacante Robinho voltou para o Ceará/CE, enquanto o zagueiro Genilson e o atacante Lima se desligaram.

Veja também

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada
Handebol

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno
Sport

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno