Vôlei

Zebra histórica na Superliga de vôlei, Itapetininga sonha com final inédita

Após eliminar o favorito Cruzeiro nas Quartas, Itapetininga enfrenta o Minas. Taubaté e Campinas fazem o outro confronto das semifinais

Itapetininga é a grande surpresa da Superliga Masculina de Vôlei, eliminando o Cruzeiro nas quartasItapetininga é a grande surpresa da Superliga Masculina de Vôlei, eliminando o Cruzeiro nas quartas - Foto: Agência i7/Sada Cruzeiro

Em sua terceira participação na elite da Superliga masculina, o Vôlei Um/Itapetininga (SP) busca uma vaga inédita na decisão do título e tem sido o centro das atenções após desbancar o favorito Sada/Cruzeiro. O time fez história na competição por ter sido o primeiro a avançar aos playoffs com a oitava colocação e eliminar logo o dono da melhor campanha. Fez isso com duas vitórias (3 sets a 0 e 3 sets a 2, de virada) na casa dos mineiros, em Contagem (MG), pelas quartas de final.

Pela frente, a equipe do interior de São Paulo (170 km da capital) terá uma série de melhor de três jogos contra outra força tradicional, o Fiat/Minas. O primeiro duelo será nesta quarta-feira (7), às 16h30, no centro de desenvolvimento da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), em Saquarema (RJ).

O segundo jogo será no sábado (10), às 19h. Se preciso, o último está agendado para segunda (12), às 19h.
Na outra semifinal, o último campeão da Superliga, EMS Taubaté/Funvic, e Vôlei Renata/Campinas também se enfrentam nesta quarta, às 19h, e novamente no sábado, às 21h30. O terceiro confronto, se necessário, está previsto para segunda, às 21h30.

Trata-se de uma reedição da final do Campeonato Paulista, na qual o Campinas levou a melhor, em outubro do ano passado, e encerrou hegemonia do Taubaté, que conta com a base da seleção brasileira e buscava o seu sétimo título estadual seguido.

Toda a reta final da Superliga será transmitida pelo canal SporTV 2.

Após a conclusão do naipe feminino, com o título do Itambé/Minas sobre o Dentil/Praia Clube, as equipes masculinas chegam para se concentrar na "bolha" do CT de Saquarema nesta terça.

Os técnicos das seleções brasileiras José Roberto Guimarães (feminina) e Renan Dal Zotto (masculina) também estão no local desde segunda, para o início da etapa de preparação para a Liga das Nações, entre maio e junho, na Itália, e os Jogos de Tóquio.

Dal Zotto, que convocou novidades desta Superliga (o oposto Darlan, do Sesi/São Paulo, o líbero Alexandre Elias, do Vedacit/Guarulhos, e o ponteiro Maicon, do Cruzeiro) para avaliá-las, também poderá observar o Vôlei Um, que tem chamado atenção com um elenco jovem.

O atleta mais velho é o oposto Renan Buiatti, 31, maior pontuador desta Superliga, com 445 pontos. Ele, que tem 2,17 metros de altura, também está entre os dez primeiros nas estatísticas de bloqueio e de saque.

Uma campanha de redenção para o mineiro de Uberlândia, que ao longo da carreira não se firmou na seleção brasileira. Antes de ser anunciado pela agremiação paulista, em outubro do ano passado, Renan vinha de oito meses de inatividade por conta de uma infecção no pé esquerdo, contraída no final de 2019 e de intervenção cirúrgica.

Renan foi uma aposta do técnico Pedro Uehara, o Peu, e contratado graças ao empenho do patrocinador principal -Um é o nome de um produto de limpeza, fabricado pela empresa Universal Chemical, e virou o nome da equipe.

"O Cássio [Souza Barros, dono da Universal Chemical] foi quem negociou e nos ajudou a trazer o Renan. É um jogador de nível de seleção, com salário mensal de R$ 20 mil, enquanto a nossa faixa está entre R$ 4 mil a R$ 5 mil", diz Osmar Thibes do Canto Júnior, presidente da Associação Itapetininga de Vôlei, mantenedora do Vôlei Um.

"O nosso orçamento é de R$ 1,5 milhão, enquanto o do Cruzeiro chega a R$ 13 milhões. Não à toa estamos muito felizes, e os meninos com uma motivação tremenda", completa.

Para avançar à final, o Vôlei Um terá que derrotar o Minas pela primeira vez na Superliga. O time de Belo Horizonte ganhou os dois jogos da fase de classificação, por 3 sets a 1 e 3 sets a 2.

"O Vôlei Um Itapetininga é a grande surpresa do campeonato. Estamos estudando bem a equipe deles, sabemos os pontos fortes e tentaremos minimizá-los", afirmou o técnico do Minas, Nery Tambeiro.

Peu demonstra confiança na evolução de sua equipe. "Depois do Cruzeiro, tivemos duas semanas sensacionais de treinos e pudemos estudar o adversário", afirma o técnico do Itapetininga. "Mas o Minas faz um bom trabalho e é quem tem a responsabilidade de vencer, porque possui um orçamento bem superior ao nosso."

Com uma população estimada de 165 mil pessoas, Itapetininga estreitou sua relação com a modalidade quando o ginásio municipal Ayrton Senna da Silva passou a receber jogos da Supercopa, em 2015, evento que abre a temporada e reúne os campeões da Superliga e da Copa do Brasil nos dois naipes.

Campeão da Superliga (em 1997 pelo Suzano) e nascido em Itapetininga, Rodrigo Moraes, o Canhoto, foi quem apresentou o projeto de uma equipe de vôlei para o prefeito Luis Di Fiori, morto no final de 2015. Thibes, então secretário de esporte, deu sequência à proposta.

Ao estrear na temporada de 2017, o primeiro atleta a ser apresentado foi o oposto André Nascimento, medalhista de ouro nos Jogos de Atenas-2004 e de prata em Pequim-2008. Ele atuou somente por uma temporada e se aposentou, em 2018, com o acesso à elite da Superliga. Seguiu na diretoria da equipe.

"É um orgulho muito grande fazer parte deste projeto desde o início. Apesar de tantas dificuldades, tem conquistado bons resultados. Gostaria muito que continuasse se fortalecendo com ajuda dos patrocinadores e cada vez mais levar o nome de Itapetininga para o cenário nacional", diz Nascimento.

SEMIFINAIS DA SUPERLIGA MASCULINA DE VÔLEI

Quarta (7):
- Vôlei UM Itapetininga (SP) x Minas Tênis Clube (MG), às 16h30
- EMS Taubaté Funvic (SP) x Vôlei Renata (SP), às 19h

Sábado (10):
- Minas Tênis Clube (MG) x Vôlei UM Itapetininga (SP), às 19h
- Vôlei Renata (SP) x EMS Taubaté Funvic (SP), às 21h30

Todos os jogos serão realizados em Saquarema e terão transmissão do SporTV

Veja também

Dois meses após ser reeleito, Milton Bivar prepara renúncia da presidência do Sport
Sport

Dois meses após ser reeleito, Milton Bivar prepara renúncia da presidência do Sport

Espanha e Suécia ficam só no 0x0 na estreia na Eurocopa
Futebol

Espanha e Suécia ficam só no 0x0 na estreia na Eurocopa