Folha Educa

Educação
EducaçãoFoto: Reprodução/Internet

Mais 76 escolas de educação infantil receberão, nesta quinta-feira (21), credenciamento pela Secretaria de Educação do Recife e o Conselho Municipal de Educação (CME). As unidades particulares que estão capacitadas a oferecer educação infantil necessitam dessa certificação, que passou a ser obrigatória em 2006.

Com mais essas unidades, subirá para 319 o número de escolas da rede privada no segmento infantil credenciadas na capital pernambucana. A cerimônia de outorga dos certificados acontecerá no auditório Capiba, 15º andar da Prefeitura, no Bairro do Recife, às 14h. O número deste ano bateu o recorde anterior, que havia sido de 38 em 2010.

Leia também:
Ensino infantil é a base para o mundo


Para receber o certificado do CME, é necessário que o estabelecimento cumpra uma série de critérios pedagógicos e de infraestrutura como projeto pedagógico, diretor com formação em pedagogia ou especialização em educação e professores com licenciatura em pedagogia em magistério. A escola que funcionar sem a certificação poderá ser fechada.

“É de extrema importância que os responsáveis verifiquem a regularização da escola de seus filhos para garantir um ensino de qualidade”, diz o secretário de Educação do Recife, Alexandre Rebêlo.

O aumento de serviços infantis é considerado de extrema importância para alcançar a meta 1 do Plano Nacional de Educação (PNE), que visa a ampliar a oferta de Educação Infantil em creches para atender, no mínimo, 50% das crianças de até 3 anos até o final de 2004, quando termina a vigência do atual PNE.

Os pais ou responsáveis que desejam ter a informação se a escola em que matricularão seus filhos está devidamente autorizada pelo conselho podem ligar para os telefones da entidade do (81) 3355-3555/3557.

comentários