Coronavírus

OMS classifica como 'preocupante' nova variante da covid e vai chamá-la de Ômicron

A Bélgica anunciou hoje que foi o primeiro país europeu a detectar um caso da nova variante

Médicos transferem paciente com Covid-19Médicos transferem paciente com Covid-19 - Foto: Christof Stache/AFP

A nova variante B.1.1.529 da Covid-19, detectada pela primeira vez na África austral, foi classificada nesta sexta-feira (26) como "preocupante" pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e terá o nome de "Ômicron".

"A variante B.1.1.529 foi relatada pela primeira vez à OMS pela África do Sul em 24 de novembro de 2021 (...) Esta variante tem um grande número de mutações, algumas das quais são preocupantes", disse o grupo de especialistas comissionados pela OMS para acompanhar a evolução da Covid-19.

A Bélgica anunciou hoje que foi o primeiro país europeu a detectar um caso da nova variante e vários países já cancelaram ou restringiram os voos procedentes do sul da África.
 

A identificação dessa nova variante da Covid-19, potencialmente muito contagiosa e com várias mutações, foi anunciada na última quinta-feira (25) na África do Sul. Um caso foi detectado em Hong Kong, outro em Israel em uma pessoa retornava do Malawi e outro na Bélgica.

Veja também

Vangelis, compositor da trilha sonora de 'Blade Runner', morre aos 79 anos
Luto

Vangelis, compositor da trilha sonora de 'Blade Runner', morre aos 79 anos

Moraes diz que TSE tem coragem para combater os que são contrários a "ideais constitucionais"
Justiça eleitoral

Moraes diz que TSE tem coragem para combater os que são contrários a "ideais constitucionais"