71 t de óleo já foram retiradas em Pernambuco; manchas chegam ao Paiva e Itapuama

Ao todo, já foram retiradas, segundo o Governo do Estado, 71 toneladas de óleo nos últimos três dias no litoral pernambucano

Cerca de dois mil voluntários atuam nas praias do Cabo de Santo AgostinhoCerca de dois mil voluntários atuam nas praias do Cabo de Santo Agostinho - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Equipes da Marinha, do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e cerca de dois mil voluntários continuam retirando óleo das praias do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. Os pontos mais atingidos nesta segunda-feira (21) ficam no Paiva, na altura da quinta rotatória, e em Itapuama. Ao todo, já foram retiradas, segundo o Governo do Estado, 71 toneladas de óleo nos últimos três dias do litoral pernambucano. 

No Paiva, as primeiras manchas apareceram por volta das 5h. "A [associação da] Reserva do Paiva disponibilizou 5 mil sacos de náilon para armazenarmos o óleo e fazermos o descarte. Estamos fazendo a distribuição entre os voluntários", explicou o coordenador geral do Samu do Cabo de Santo Agostinho, Fábio Marinho

Para evitar contaminação, ao manusear o material, é preciso utilizar luvas de proteção, que são disponibilizadas pelos órgãos responsáveis. A cabeleireira Flávia Geiza da Silva Gonçalves, de 38 anos, aproveitou o dia de folga para ajudar na retirada do óleo na Praia do Paiva. "Está horrível. Eu me emocionei bastante. Fiquei muito triste", comentou.

Leia também:
Voluntários se organizam para retirar óleo das praias; saiba como ajudar
Recife monitora possível chegada de óleo nas praias da capital
Técnica usada em desastre aéreo ajuda na busca por óleo


Também foram registradas manchas em pontos nas praias de Xaréu e Gaibu, também no Cabo, e em Sirinhaém, no litoral Sul pernambucano. Foram instaladas barreiras nos rios Persinunga, em São José da Coroa Grande; Una, em Barreiros; Mamucabas, em Tamandaré; e Maracaípe, em Ipojuca.

Jaboatão
Equipes da Defesa Civil se concentram na praia de Barra de Jangada, em Jaboatão dos Guararapes, na RMR, para evitar que manchas atinjam a foz do Rio Jaboatão. Foram colocados 200 metros de boias de contenção. Também estão sendo utilizadas redes de pesca.

"Estamos aqui desde 5h da manhã. E toda a equipe se montou aqui porque tinha a probabilidade de entrar uma massa de óleo no nosso estuário. Estamos monitorando por drones e, quando a massa se aproximar da costa, nós vamos direcioná-la para um local seguro e fazer o descarte", detalha o superintendente da Defesa Civil de Jaboatão, Artur Paiva.

Veja também

Pernambuco registra 672 novos casos e 27 óbitos nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 672 novos casos e 27 óbitos nas últimas 24h

DETRAN-PE realiza encerramento da Semana Nacional do Trânsito 2020
DETRAN

DETRAN-PE realiza encerramento da Semana Nacional do Trânsito 2020