A comédia autoral de Halder Gomes

Com o filme “O Shaolin do Sertão”, que está em cartaz no circuito local, cineasta cearense se estabelece como um diretor a ser acompanhado

Danilo Cabral (PSB)Danilo Cabral (PSB) - Foto: Chico Ferreira/Divulgação

O diretor cearense Halder Gomes vem se confirmando como uma voz peculiar no cinema nacional. Suas comédias escrachadas e ao mesmo tempo apaixonadas pela cultura popular do Nordeste, pelos anos 1980 e pela própria história do cinema fundamentam tanto “Cine Holliúdy” (2012) quanto seu novo trabalho, o longa-metragem “O Shaolin do Sertão”, em cartaz em Pernambuco.

Halder é formado em administração de empresas e tem pós-graduação em marketing. Depois dos 30 anos, decidiu mudar de carreira: começou a trabalhar no cinema como dublê. “Nada melhor do que aprender com quem faz cinema todo dia, o dia todo: em Hollywood. Foi minha grande escola. Trabalhei como dublê e com artes marciais em Los Angeles. Isso foi essencial para eu entender o papel do diretor, do ator, do coreógrafo. Entendi que a dinâmica do cinema se comparava com minha formação em administração. Foi em Los Angeles que entendi que podia gerenciar recursos humanos e financeiros para fazer cinema”, disse, em entrevista para o caderno Diversão&arte.

Francisgleydisson
Halder começa a filmar “Cine Holliúdy 2” em janeiro do ano que vem, e pretende lançar em outubro. O filme traz de volta o personagem Francisgleydisson (Edmilson Filho). “Como os cinemas de rua acabaram no interior, ele tenta desesperadamente ser uma espécie de cineasta mambembe, fazendo filmes das formas mais heroicas possíveis”, explicou Halder.

Janela > Além de curtas e longas, a 9ª edição do Janela Internacional de Cinema do Recife apresenta uma convidada especial: a diretora argentina Lucrecia Martel, que participará de debate em 1º de novembro, às 17h, no Cinema do Museu (Casa Forte).

Oportunidade para ouvir a autora de “O Pântano” (2001).

Trailer > Divulgado o primeiro trailer do filme “Logan”, última participação do ator Hugh Jackman como Wolverine, herói X-men. O diretor do longa é James Mangold. O filme tem estreia prevista para março do ano que vem. 

 

Veja também

Votação antecipada no Texas já atraiu mais eleitores do que toda a eleição de 2016 no estado
EUA

Votação antecipada no Texas já atraiu mais eleitores do que toda a eleição de 2016 no estado

Rio tem mais operações policiais em áreas do tráfico do que de milícia
Rio

Rio tem mais operações policiais em áreas do tráfico do que de milícia