Conflito

A Coreia do Sul dispara disparos de alerta após a breve entrada dos soldados do Norte

Relações entre as duas Coreias atravessam um dos momentos de maior tensão em anos

Nas últimas semanas, a Coreia do Norte lançou centenas de balões carregados com lixo, como bitucas de cigarro e papel higiênico, ao seu vizinho do sulNas últimas semanas, a Coreia do Norte lançou centenas de balões carregados com lixo, como bitucas de cigarro e papel higiênico, ao seu vizinho do sul - Foto: Reprodução

Militares sul-coreanos dispararam tiros de advertência depois que soldados norte-coreanos cruzaram brevemente a fronteira entre os dois países nesta semana, informou nesta terça-feira (11, noite de segunda em Brasília) o Estado-Maior Conjunto de Seul.

"Alguns soldados norte-coreanos que trabalham na DMZ [zona desmilitarizada fronteiriça] cruzaram brevemente a Linha de Demarcação Militar. Após nossos militares transmitirem mensagens e fazerem disparos de advertências, eles recuaram para o norte", indicou o Estado-Maior em um comunicado, Acrescentando que o incidente ocorreu em 9 de junho.

“A parte da retirada imediata dos soldados norte-coreanos após nossos disparos de advertência, não foi apresentada nenhum movimento incomum”, acrescentou.

As relações entre as duas Coreias atravessam um dos momentos de maior tensão em anos.

Nas últimas semanas, a Coreia do Norte lançou centenas de balões carregados com lixo, como bitucas de cigarro e papel higiênico, ao seu vizinho do sul, como uma retaliação a outros balões enviados por ativistas sul-coreanos com propaganda contra Pyongyang.

O governo sul-coreano suspendeu neste mês um acordo militar de 2018 criado para reduzir o esforço e retomou específicos de propaganda para alto-falantes ao longo da fronteira.

O Norte acusou Seul de criar "uma nova crise".

Veja também

Mulher denunciada por agredir casal gay em padaria é presa por atropelamento e fuga em São Paulo
POLÍCIA

Mulher denunciada por agredir casal gay em padaria é presa por atropelamento e fuga em São Paulo

Pastor André Valadão diz, em vídeo, que fiéis não devem matricular filhos em faculdades 
Educação e Religião

Pastor André Valadão diz, em vídeo, que fiéis não devem matricular filhos em faculdades 

Newsletter