'A criatividade não é um botão que você aperta', diz Murilo Gun, no Rec'n'Play

A palestra de Murilo Gun foi uma das que fizeram a abertura do festival de tecnologia, música e economia criativa que começou nesta terça (2)

Murilo Gun ministra palestra no Rec'n'Play sobre soluções criativas para problemas. Murilo Gun ministra palestra no Rec'n'Play sobre soluções criativas para problemas.  - Foto: Lidiane Mota/ Folha de Pernambuco

Diversos pontos do Bairro do Recife, no centro da cidade, recebem, a partir desta quarta-feira (2), eventos que marcam o primeiro dia do Rec’n’Play, festival de tecnologia, música e economia criativa que trabalha o campo da inovação através de palestras, apresentações musicais e oficinas. A programação se estende até o sábado (5), reunindo mais de 300 atividades.

No Museu Cais do Sertão, quem ficou responsável por abrir o festival foi Murilo Gun, professor de criatividade e fundador da Keep Learning School. Na ocasião, o auditório abrigou o público máximo e a palestra foi transmitida em uma grande projeção na área externa do museu, onde as pessoas se organizaram para não perder as lições sobre imaginação e criatividade.

Introduzido por Pierre Lucena, presidente do Porto Digital, o palestrante abriu com muito humor, brincadeiras e descontração um discurso sobre a criatividade na solução de problemas, abordando técnicas para fugir do bloqueio criativo e incentivar a curiosidade.

Para o profissional, a criatividade é a imaginação aplicada para resolver problemas do cotidiano, desde obstáculos simples, como fazer uma criança comer legumes, por exemplo; até dificuldades maiores, como lidar com o desemprego. “A vida para mim é o seguinte, tem um monte de problemas e existem dois caminhos - o de repetir a imagem ou de criar uma nova imagem”, diz Murilo. Em sua fala, o palestrante defende que os adultos precisam resgatar a imaginação que já tiveram quando crianças.

Murilo Gun ministra palestra no Rec'n'Play sobre soluções criativas para problemas.

Murilo Gun ministra palestra no Rec'n'Play sobre soluções criativas para problemas. - Foto: Lidiane Mota/ Folha de Pernambuco

O especialista em soluções criativas defende que um caminho diferenciado surge a partir de um olhar mais atencioso para ações criativas do próximo. “A criatividade não é um botão que você aperta, devemos ligar o olhar para ver coisas que não costumamos ver”, afirma. Como exemplo, ele aconselha o público a manter-se informado sobre assuntos que a princípio não parecem relevantes. “Eu nunca tive bicho, mas vivo lendo a [revista] Cães e Gatos”, brinca. A teoria apresentada por Murilo é a de que ao reconhecer a ideia do outro estaremos alimentando nosso próprio repertório de ideias.

O público da palestra é variado e reúne pessoas de todas as idades. Vinícius Thalles, de 19 anos, cursa Sistema de Informação e estagia em uma empresa de obras. Para ele, a palestra é um lugar de aprendizado. “Eu trabalho na parte de desenvolvimento e tem que ser bem criativo para resolver os problemas, estou tentando absorver tudo”, explica. Ainda sobre a tecnologia da criatividade, dez alunos da Keep Learning School, guiados por Gun, apresentam seus projetos criativos e abordam os desafios e ideias que compuseram o processo de criação.

Vinícius Thales, 19, estudante de Sistema de Informação.

Vinícius Thales, 19, estudante de Sistema de Informação. - Foto: Lidiane Mota/ Folha de Pernambuco

No mesmo horário, o Teatro Cine Apolo recebe palestra sobre o futuro do sistema financeiro, ministrada pelo economista e ex-presidente do Banco Central do Brasil, Gustavo Franco. Momentos antes da palestra começar, uma extensa fila se formava na Rua do Apolo. Para assistir à palestra de um bom lugar, o estudante de Ensino Médio Yuri Matos, 17, chegou quase uma hora antes. “Eu quero aprender coisas sobre economia com Gustavo, saber o destino da economia, aprender sobre o dinheiro do futuro”, disse.

Veja também

Covid-19: apesar de alta de casos, número de óbitos continua em queda
Coronavírus

Covid-19: apesar de alta de casos, número de óbitos continua em queda

Prefeito de Florianópolis é acusado de estupro; candidato à reeleição diz que foi 'consensual'
Gean Loureiuro

Prefeito de Florianópolis é acusado de estupro; candidato à reeleição diz que foi 'consensual'