A mente e o turbilhão de pensamentos

Vivemos em um mundo que pensa no amanhã antes do hoje chegar. E nossa mente vai nesse mesmo caminho, na grande maioria das vezes.

Leusa Santos, editora-chefe da Folha de PernambucoLeusa Santos, editora-chefe da Folha de Pernambuco - Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

Sua cabeça está a mil, pensando em uma porção de coisas ao mesmo tempo. É tanta prioridade rondando a mente que muitas vezes fica difícil eleger qual a mais urgente. Você sente a cabeça 'cheia' e sem espaço para acumular mais algo, além da incapacidade de reagir rapidamente à urgência produzida pelos seus pensamentos. Agora some isso a: dores de cabeça e musculares, cansaço excessivo, insônia, esquecimentos frequentes, mudança de humor, dificuldade de concentração. Identificou-se com alguns?

Vivemos em um mundo que pensa no amanhã antes do hoje chegar. E nossa mente vai nesse mesmo caminho, na grande maioria das vezes. Isso faz com que mergulhemos em um turbilhão de pensamentos, gerados por esse clima que favorece a aceleração excessiva do pensar, das ideias. Fomos atrás dessa questão e conversamos com especialistas em psiquiatria e psicologia para entendermos como isso se apresenta na vida das pessoas e de que forma podemos virar essa chave. Acalmar a mente. O tema ganhou manchete de capa desta edição e está no caderno Zoom. Leitura imperdível.

Em Sabores, ainda ele, o chocolate. Desta vez, o caderno disponibiliza um roteirão para você com dicas de ovos de páscoa para todas as tendências. Do tradicional ao vegano. Vale a pena fugir do trivial. O paladar agradece e a mente também, já que o chocolate faz a gente sorrir. Mas se você não é adepto dessa maravilha movida a cacau, também encontra outros assuntos que com certeza vão convidá-lo para uma paradinha. A seção Bem-estar traz orientações de como montar e manter uma alimentação saudável, com foco também na rotina de exercícios. Afinal, dieta é bom. Segui-la é melhor ainda. Mas cuidado com os cardápios muito restritivos, aponta um especialista.

Em Esportes, não tem como não falar que o domingo será de teste para cardíacos. O Sport enfrenta, na Ilha, o Salgueiro, pela semifinal do Pernambucano. Vale destacar que o Leão está há duas semanas sem jogar. O caderno também faz um alerta sobre os efeitos do estresse, destacando a profissão de treinador. A cobrança por resultados, a pressão, enfim, quem comanda uma equipe do lado de fora do campo também está a mil, pensando uma série de coisas ao mesmo tempo, como falei no início de nossa conversa. Que aproveitemos os nossos dias da melhor forma possível.

Um ótimo fim de semana!

Veja também

Governo Bolsonaro ignorou alertas sobre a falta de oxigênio em Manaus
Pandemia

Governo Bolsonaro ignorou alertas sobre a falta de oxigênio em Manaus

Vacinação pode começar com Coronavac, imunizante que Bolsonaro afirmava que não compraria
Brasil

Vacinação pode começar com Coronavac, imunizante que Bolsonaro afirmava que não compraria