A-A+

A nova série "Assédio" deve alertar mulheres sobre abuso médico

A história é baseada no fato real, inspirada no médico Roger Abdelmassih

Antonio Calloni vive o assediador Roger AbdalaAntonio Calloni vive o assediador Roger Abdala - Foto: Dilvulgação

Todos os personagens da nova série produzida pela Rede Globo, "Assédio" são fictícios, mas a história é baseada em fatos reais com vítimas do famoso médico ginecologista Roger Abdelmassih, atualmente em prisão domiciliar após ser condenado a 181 anos de reclusão por 37 estupros.

Abdelmassih, na ficção, vira Roger Sadala (Antonio Calloni). As vítimas tiveram seus nomes e história alterados, mas são vividas por Adrina Esteves, pela pernambucana Hermila Guedes, Mônica Iozzi, entre outras atrizes famosas. Ainda não há previsão de quando a TV aberta exibirá a série, construída como se fosse um documentário, mas já está disponível para os assinantes da plataforma Globo Play.

Nomes de peso da dramaturgia nacional estão no elenco de

Nomes de peso da dramaturgia nacional estão no elenco de "Assédio" - Crédito: Dilvulgação

Muitas das mulheres que foram estupradas e assediadas pelo médico, especialista em reprodução humana, se uniram num grupo chamado Vítimas de Roger Abdelmassih para ajudarem outras pessoas que passam por situações trágicas similares.Algumas delas preferiram não assistir à série porque dizem sofrer até hoje as consequências dos crimes, segundo a Folhapress.

Além dos abusos sexuais, Abdelmassih também é acusado de ter vendido óvulos de pacientes sem a permissão delas. Uma das vítimas, que preferiu não ser identificada, disse que sentiu falta da abordagem deste outro tipo de violência também cometida pelo médico.  

 

 

 

Veja também

Adolescente é atingido com tiro de raspão e recebe coronhada durante assalto no Recife
Polícia

Adolescente é atingido com tiro de raspão e recebe coronhada durante assalto no Recife

ONU faz alerta sobre relação entre clima e segurança
CLIMA

ONU faz alerta sobre relação entre clima e segurança