Era uma vez

A reunião das vírgulas

A discussão se propagava e as vírgulas não se entendiam

Cantora Ana Muller faz show no RecifeCantora Ana Muller faz show no Recife - Foto: Divulgação

[email protected]

Lá estavam elas, à espera da abertura da reunião. Eis que a vírgula-mor declara o início dos trabalhos:

- Aqui estamos nós, vírgulas representantes de nossos estados, para debatermos o uso que fazem do nosso serviço.

Uma, mais atirada, interrompeu:

- Uso, não! Abuso! Lá na minha terra muitos escrevem e depois saem botando as vírgulas, como acham melhor, como se fôssemos penduricalhos que só servem de enfeite.

- Calma! Ainda não terminei. Aos poucos, todas falarão - continuou a vírgula-mor.

- Mas a senhora há de convir que...

- Não hei de convir nada! Hei de terminar o meu discurso e não adianta interromper porque eu vou falar agora sem parar e sem vírgulas para não ter aborrecimentos maiores portanto é melhor vocês se acostumarem a isso e não se revoltarem com quem faz uso errado da pontuação sobretudo com aqueles que usam a internet porque o uso da vírgula no meio virtual é luxo! Ufa!

- Gente, vamos ser racionais. Precisamos aqui tirar uma proposição que nos possibilite lutarmos pelos nossos direitos – disse outra, aparentando mais sobriedade.

- Eu proponho que baixemos uma medida provisória tornando a vírgula obrigatória também nos casos facultativos – desafiou uma outra.

- Enlouqueceu? – replicou uma colega – Isso não vai passar nunca! Você vai criar uma polêmica maior ainda. Aí é que ninguém vai simpatizar conosco!

- Eu tenho uma sugestão. Vamos fazer uma campanha publicitária a favor da vírgula. Formulei as seguintes frases:

Não use a vírgula.

Não, use a vírgula.

Não devemos usar a vírgula.

Não, devemos usar a vírgula.

- Mas e o fechamento dessa propaganda?

- Acho que deveria ser alguém da Academia Brasileira de Letras para falar sobre a importância da vírgula.

- Não isso vai ficar enfadonho. Melhor colocar um ator de novela, que tem mais apelo.

A discussão se propagava e as vírgulas não se entendiam. A hora avançava, até que chegou alguém que não havia sido convidado.

Era o ponto final.

Veja também

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista
Coronavírus

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria
internacional

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria