Abastecimento de água de Garanhuns passa a ser racionado

O rodízio consistirá em um dia com água para oito dias sem. A cidade de São João também será afetada com a mudança

Água será racionadaÁgua será racionada - Foto: Agência Brasil

Por conta da escassez de chuvas no Agreste, o sistema de água de Garanhuns passará a ter calendário de abastecimento a partir de segunda-feira (6). Medida tem o objetivo de preservar a vida útil dos mananciais que atendem o sistema de distribuição de água do município.

O rodízio consistirá em um dia com água para oito dias sem. A cidade de São João, que também é atendida pelo sistema de abastecimento de Garanhuns, será afetada com a mudança. Para os 12 mil moradores do município, será estabelecido preventivamente o calendário de dois dias com água e dois dias sem abastecimento. Para Angelim, outra cidade que recebe água de Garanhuns, por enquanto, não haverá mudanças, permanecendo com água todos os dias.

De acordo com o gerente da Unidade de Negócios da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Igor Galindo, a empresa está fiscalizando as barragens de Cajueiro e Mundaú com o objetivo de manter a regularidade da retirada de carros-pipa dos mananciais. "Algumas retiradas de água são feitas, mas de forma regular e dentro do limite para não prejudicar o abastecimento de Garanhuns, correspondendo a 0,5% da vazão do sistema", esclarece o gerente, informando que a vazão total do sistema é de 290 litros de água por segundo.

Veja também

Biden vai retirar todas as tropas dos EUA do Afeganistão até 11 de setembro
Internacional

Biden vai retirar todas as tropas dos EUA do Afeganistão até 11 de setembro

México começa a recrutar voluntários para testar sua vacina anticovid
Vacinas

México começa a recrutar voluntários para testar sua vacina anticovid