Notícias

Abastecimento de água de Garanhuns passa a ser racionado

O rodízio consistirá em um dia com água para oito dias sem. A cidade de São João também será afetada com a mudança

Água será racionadaÁgua será racionada - Foto: Agência Brasil

Por conta da escassez de chuvas no Agreste, o sistema de água de Garanhuns passará a ter calendário de abastecimento a partir de segunda-feira (6). Medida tem o objetivo de preservar a vida útil dos mananciais que atendem o sistema de distribuição de água do município.

O rodízio consistirá em um dia com água para oito dias sem. A cidade de São João, que também é atendida pelo sistema de abastecimento de Garanhuns, será afetada com a mudança. Para os 12 mil moradores do município, será estabelecido preventivamente o calendário de dois dias com água e dois dias sem abastecimento. Para Angelim, outra cidade que recebe água de Garanhuns, por enquanto, não haverá mudanças, permanecendo com água todos os dias.

De acordo com o gerente da Unidade de Negócios da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Igor Galindo, a empresa está fiscalizando as barragens de Cajueiro e Mundaú com o objetivo de manter a regularidade da retirada de carros-pipa dos mananciais. "Algumas retiradas de água são feitas, mas de forma regular e dentro do limite para não prejudicar o abastecimento de Garanhuns, correspondendo a 0,5% da vazão do sistema", esclarece o gerente, informando que a vazão total do sistema é de 290 litros de água por segundo.

Veja também

Anvisa amplia uso do remdesivir em casos de Covid-19
Saúde

Anvisa amplia uso do remdesivir em casos de Covid-19

Inmet e Apac preveem tempo nublado com chuvas isoladas nesta quinta-feira (26) para a RMR
Trégua nas chuvas

Inmet e Apac preveem tempo nublado com chuvas isoladas nesta quinta-feira (26) para a RMR