Meio Ambiente

Aberta à população, primeira reunião do ano do Comam ocorre nesta quinta-feira

Conselho Municipal de Meio Ambiente tem o intuito de promover debate sobre as políticas públicas relacionadas ao setor

Reunião será presidida pelo secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife, Carlos RibeiroReunião será presidida pelo secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife, Carlos Ribeiro - Foto: Divulgação

Será realizada nesta quinta-feira, a partir das 14h30, a primeira reunião do ano Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comam), coordenada pela Prefeitura do Recife. Presidido pelo secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife, Carlos Ribeiro, o encontro ocorre de forma virtual, é aberto à população e tem o intuito de promover o debate sobre as políticas públicas relacionadas com o meio ambiente. 

Criado em 1992, por meio da Lei Nº 17.524, o Comam é um órgão de natureza consultiva e deliberativa que discute, entre outros assuntos, os projetos e a destinação dos recursos provenientes do Fundo Municipal do Meio Ambiente. É composto por 20 membros, sendo 10 da sociedade civil e 10 do poder público e da Câmara dos Vereadores. A sua presidência fica a cargo do secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife. Já a vice-presidência é representada pela sociedade civil.

Na reunião desta quinta-feira serão realizadas a apresentação da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife; a aprovação do edital para a eleição dos novos conselheiros; prestação de contas do ano 2020; apresentação do projeto de Jardins Filtrantes; aprovação da supressão de vegetação. 

O link para participar da reunião está disponível nas redes sociais (Instagram e Facebook) e no site da SMAS.

Serviço
Reunião do Comam
Data: 15 de abril de 2021  
Hora: 14h30
Inscrição: Gratuita 

Veja também

Cia aérea oferece teste PCR grátis nos voos entre Brasil e Europa
Pandemia

Cia aérea oferece teste PCR grátis nos voos entre Brasil e Europa

Eclipsado pela Covid, sarampo se alastra pelo Amapá e provoca duas mortes de bebês
Surto

Eclipsado pela Covid, sarampo se alastra pelo Amapá e provoca duas mortes de bebês