Ação judicial obriga Anitta a pagar R$ 3 milhões à sua ex-empresária

A 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidiu e a cantora corre o risco de ter os bens bloqueados caso não deposite

Anitta deverá depositar R$ 3 milhões para Kamilla Fialho, a sua ex-empresária Anitta deverá depositar R$ 3 milhões para Kamilla Fialho, a sua ex-empresária  - Foto: Divulgação

A batalha judicial envolvendo Anitta e a sua ex-empresária, Kamilla Fialho, está longe de ter um fim. Desta vez, a situação ficou favorável para Fialho. É que a 9ª Câmara Cível do TJRJ decidiu que a cantora deve depositar imediatamente R$ 3 milhões em conta judicial. Caso não faça o que foi determinado, a diva pop pode ter os seus bens bloqueados.

O caso já vem se arrastando na justiça e este foi o segundo recurso encontrado pelos advogados de Anitta para evitar o pagamento. O valor, inclusive, não chega nem à metade do que Kamilla quer. A indenização, na verdade, é de R$ 14 milhões. Isso sem colocar o que a empresária teria deixado de ganhar com a quebra do contrato. O valor da causa pode ultrapassar os R$ 30 milhões.

Veja também

Pernambuco registra mais 664 casos e 15 mortes pela Covid-19
Coronavírus

Pernambuco registra mais 664 casos e 15 mortes pela Covid-19

Estudantes do 1º ano do Ensino Médio retornam às aulas presenciais na rede particular
Pernambuco

Estudantes do 1º ano do Ensino Médio retornam às aulas presenciais na rede particular