Ação oferece emissão de 2ª via de certidões no Recife e na Zona da Mata neste sábado

Para solicitar o documento, os interessados devem apresentar a cópia ou original da certidão antiga ou do Registro Geral (RG)

Certidão de nascimentoCertidão de nascimento - Foto: Divulgação

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) oferece, por meio do programa Balcão de Direitos, serviço de emissão de 2ª via de certidões de nascimento, casamento ou óbito para quem perdeu os documentos em razão de incêndio, enchente ou má conservação dos arquivos dos livros em cartório. Além do posto fixo de segunda a terça-feira, localizado no bairro do Torreão, na Zona Norte do Recife, a ação acontecerá no bairro de Casa Amarela e no município de Aliança, na Zona da Mata Norte, neste sábado (9).

Para solicitar o documento, os interessados devem apresentar a cópia ou original da certidão antiga ou do Registro Geral (RG). No Recife, o atendimento será na Escola Estadual Caio Pereira, localizada na rua Alto José Bonifácio, em Casa Amarela. Já no município de Aliança, a ação acontece na Unidade Educacional da Prefeitura da Aliança (Uepa) na avenida Doutor Genésio Gomes de Moraes, no Centro de Aliança.

Posto fixo
Os serviços do Balcão de Direitos estão disponíveis ao público de segunda a sexta-feira na Rua Djalma Farias, número 250, no bairro do Torreão, Zona Norte do Recife. O atendimento é das 8h às 12h e das 14h às 16h. Para agendar o serviço ou obter outras informações, os interessados devem ligar para o número (81) 3132-9933.

Após dar entrada na solicitação de Suprimento de Registro Civil através do Balcão de Direitos, será formalizada uma ação judicial solicitando a emissão de uma nova certidão. O processo é necessário para provar que o documento existiu, mas não está disponível. Entre os documentos que podem ser apresentados para dar entrada na solicitação está a negativa da certidão onde provavelmente o documento estava arquivado, explicando o porquê da certidão não existir mais.

As ações costumam tramitar em um prazo que pode variar de um a seis meses, a depender de vários fatores, entre eles, a agilidade na entrega dos documentos necessários para abertura do processo e do juiz que for julgar a ação, assim como da quantidade de atividades que o fórum tiver acumulado.

Veja também

Influenciadora Liliane Amorim morre por complicações de lipoaspiração
Luto

Influenciadora Liliane Amorim morre por complicações de lipoaspiração

Ministro avalia que Inep 'acertou' em prever alta abstenção para organizar aplicação do Enem
Enem 2020

Ministro avalia que Inep 'acertou' em prever alta abstenção para organizar aplicação do Enem