Ação social distribui alimentos no Recife

Há 15 dias, Pietro Duarte, 36, reuniu um grupo de amigos para fazer doações de alimentos para instituições solidárias

Pietro Duarte se reuniu com amigos para coletar e realizar doaçõesPietro Duarte se reuniu com amigos para coletar e realizar doações - Foto: Divulgação

Um grupo de advogados decidiu arrecadar e distribuir, por conta própria, insumos alimentares e de limpeza para coletivos de ação social no Recife. Há 15 dias, Pietro Duarte, 36 anos, reuniu um grupo de amigos para fazer doações de alimentos para instituições solidárias.

A ação que acaba por dar um maior sentido para a vida dos cinco amigos tomou força nas redes sociais e já conseguiu doar mais de duas toneladas de alimentos e cerca de 500 kits de limpeza. Assim como eles, outras pessoas despertaram os sentidos para o olhar social durante a pandemia e coletivos que distribuem alimentos estão dependendo destas doações para a manutenção da atividade filantrópica.

“Nós fazemos tudo, buscamos as doações, ou fazemos compras com o dinheiro doado, e levamos para as instituições”, contou Pietro enquanto realizava o translado de alimentos para a primeira doação do dia, nesta quarta-feira (15). Ele, Renato Hayashi, José Luiz Martorelli, Ewerton Kleber e Rafael Pimenta Bueno já conseguiram ajudar nove instituições no pouco tempo de arrecadação.

Leia também:
Parceria é feita entre costureiras e Prefeitura de Jaboatão para doação de máscaras
Sabão em barra Bem-te-vi faz doação a famílias carentes

A lista de coletivos ajudados conta com o Lar batista de anciões, a Casa do Amor, o Procriu, o Projeto Infanciar, o Lar Paulo de Tarso e o Projeto Sara Vida. "Procuramos grupos que já fazem semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente esse trabalho com doações, como centros espíritas e outros coletivos, como os Anjos da Noite", explicou Pietro. Para fazer e também pedir doações, ele divulgou seu Instagram (@pietroduarteadv) e seu contato de WhatsApp (99444-0884).

Nesta quinta-feira (16) a ação irá distribuir quentinhas no Pina, nas palafitas ao lado do Restaurante Bargaço. O material usado para produzir a comida foi comprado pelo grupo de amigos e as quentinhas foram feitas pelo Centro Espirita Irmã Gertrudes, que também irá realizar a entrega. 

Não precisa sair da quarentena para doar e ajudar o próximo, há muitos projetos fazendo isso. Eles só precisam da sua ajuda. As doações recebidas por Pietro, por exemplo, são coletadas por ele mesmo. “Está sendo bom até pra sair de casa e aliviar um pouco a cabeça, eu passo uma parte do dia trabalhando, outra parte do dia fazendo ação social. Estamos basicamente oferecendo doações para instituições que já fazem esse trabalho, elas precisam”, reforçou o advogado.

Serviço:
Como ajudar
Conta bancária
Pietro Duarte de Souza
 Banco Bradesco
 Ag 6343
 CC 2243-8

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

João Campos autoriza contratação de até 745 profissionais de saúde para vacinação contra Covid-19
Recife

João Campos autoriza contratação de até 745 profissionais de saúde para vacinação contra Covid-19

Professor avalia que tema de redação do Enem é atual, mas alerta estudantes para "casca de banana"
Enem 2020

Professor avalia que tema de redação do Enem é atual, mas alerta estudantes para "casca de banana"