Notícias

Acidente com ônibus uruguaio no sul do Brasil deixa dois mortos

O acidente pode ter acontecido devido à um deslize por parte do motorista

Ônibus saía de Montevidéu com destino a FlorianópolisÔnibus saía de Montevidéu com destino a Florianópolis - Foto: Reprodução/ Twitter

Um ônibus de turismo com 41 passageiros uruguaios capotou na madrugada deste domingo (14) na BR 116, perto da cidade de Cristal, no Sul do Brasil, deixando dois mortos e 15 feridos, entre os quais quatro graves. A excursão havia saído de Montevidéu com destino a Florianópolis.

O Ministério das Relações Exteriores uruguaio divulgou uma nota em que lamenta o acidente e as mortes e informa que os consulados do país em Pelotas e Porto Alegre estão prestando assistência aos feridos e aos familiares. Informou ainda que estão tomando as providências para o regresso das pessoas ao Uruguai.

No domingo (14) oito pessoas retornaram de Porto Alegre e nesta segunda-feira  (15), no início da tarde, é esperado que regresse um número significativo de passageiros a Montevidéu, por via aérea. "Os restantes estão alojados, acompanhados pelo pessoal de nossa empresa, para coordenar seu regresso e preservar sua privacidade", informou em nota a Fun Tour, empresa responsável pela excursão.

Leia também:
Piloto de motovelocidade morre após sofrer acidente em Interlagos
Passageiro morre em acidente na BR-104, em Agrestina
Caixas-pretas de avião da Ethiopian mostram semelhanças com outro acidente


O acidente aconteceu por volta da 1h da manhã do domingo (14), na altura do quilômetro 441, da BR 116. A Fun Tour disse que a empresa de transporte Jota Turismo (empresa de ônibus contratada para realizar o transporte de passageiros) informou que o acidente se deu "pelo cruzamento de um animal na estrada". A Polícia Rodoviária Federal brasileira, no entanto, disse que não havia marcas de freio no asfalto, o que indica a possibilidade de o motorista ter dormido no volante ou ter tido algum mal estar súbito.

Ainda de acordo com a empresa Fun Tour, os feridos foram encaminhados para hospitais da região, em Camacuã, Pelotas, São Lourenço e Cristal.

Veja também

Rússia tenta tomar cidade ucraniana de Lyman, segundo líder separatista
Guerra na Ucrânia

Rússia tenta tomar cidade ucraniana de Lyman, segundo líder separatista

Coreia do Norte lança míssil balístico, segundo Exército sul-coreano
Mundo

Coreia do Norte lança míssil balístico, segundo Exército sul-coreano