Ações da Petrobras caem mais de 10% após flexibilizar preços

Após flexibilizar sua política de preços, Petrobras sofre queda de mais de 10% em suas ações na Bolsa de Valores

Pedro Parente, presidente da Petrobras Pedro Parente, presidente da Petrobras  - Foto: Wikimedia Commons

As ações da Petrobras caíram mais de 10% nesta quinta-feira na Bolsa de Valores de São Paulo, um dia depois de a petroleira estatal flexibilizar sua política de preços para atender às demandas de uma greve de caminhoneiros que paralisa o Brasil.

Leia também:
Petrobras vai reduzir preço do diesel nas refinarias por 15 dias
Caminhoneiros fecham mais de 17 trechos de rodovias federais em Pernambuco
Caminhoneiros dizem que reduções são mínimas e pouco efetivas


Por volta das 10h53, as ações preferenciais da Petrobras caíram 11,26% e as ordinárias 10,61%, enquanto o Ibovespa dos principais valores cedia 1,29%. Quando a sessão foi aberta, os dois títulos da Petrobras chegaram a despencar mais de 13%.

Veja também

Espanha descarta novo confinamento geral pela terceira onda de covid-19
Coronavírus

Espanha descarta novo confinamento geral pela terceira onda de covid-19

Após fracasso de busca de vacina na Índia, governo usa avião para levar oxigênio para Manaus
Coronavírus

Após fracasso de busca de vacina na Índia, governo usa avião para levar oxigênio para Manaus