Ações da Petrobras caem mais de 10% após flexibilizar preços

Após flexibilizar sua política de preços, Petrobras sofre queda de mais de 10% em suas ações na Bolsa de Valores

Pedro Parente, presidente da Petrobras Pedro Parente, presidente da Petrobras  - Foto: Wikimedia Commons

As ações da Petrobras caíram mais de 10% nesta quinta-feira na Bolsa de Valores de São Paulo, um dia depois de a petroleira estatal flexibilizar sua política de preços para atender às demandas de uma greve de caminhoneiros que paralisa o Brasil.

Leia também:
Petrobras vai reduzir preço do diesel nas refinarias por 15 dias
Caminhoneiros fecham mais de 17 trechos de rodovias federais em Pernambuco
Caminhoneiros dizem que reduções são mínimas e pouco efetivas


Por volta das 10h53, as ações preferenciais da Petrobras caíram 11,26% e as ordinárias 10,61%, enquanto o Ibovespa dos principais valores cedia 1,29%. Quando a sessão foi aberta, os dois títulos da Petrobras chegaram a despencar mais de 13%.

Veja também

Maestro Geraldo Menucci, primeiro regente da Banda Sinfônica do Recife, morre de Covid-19
Luto

Maestro Geraldo Menucci, primeiro regente da Banda Sinfônica do Recife, morre de Covid-19

Ministério Público denuncia homem preso por furto de bicicleta no Leblon
Crime

Ministério Público denuncia homem preso por furto de bicicleta no Leblon