RMR

Suspeito do acidente com morte na Estrada de Aldeia é liberado após pagar fiança de R$ 200 mil

Francisco de Lima Filho foi autuado por dirigir sob influência de álcool

Vítima ficou presa nas ferragensVítima ficou presa nas ferragens - Foto: Cortesia

Após passar por audiência de custódia, Francisco de Lima Filho (56), suspeito de causar o acidente que matou uma mulher na Estrada de Aldeia, em Camaragibe, na última quarta-feira (28), está em liberdade provisória. O homem pagou uma fiança no valor de 200 salários mínimos (mais de R$ 200 mil) na manhã desta sexta-feira (30).  

O carro de Josefa Cecília dos Santos, 49 anos, foi atingido pela caminhonete dirigida por Francisco na noite da quarta. Ela não resistiu e morreu. O motorista suspeito de causar o acidente foi autuado por dirigir sob efeito de álcool. 

O veículo onde a vítima estava, um Fiat Uno, capotou após ser atingido de frente pela caminhonete no quilômetro 4 da estrada. Cecília, segundo o Corpo de Bombeiros, ficou presa às ferragens e não resistiu ao impacto. 

A decisão pela liberdade provisória após pagamento da fiança foi dada pelo Juízo da  Central de Flagrantes de Jaboatão dos Guararapes. De acordo com o Juízo, o crime não é classificado como doloso, mas culposo e não cabe prisão preventiva para crime desse tipo, segundo o artigo 313 do Código de Processo Penal. 

A família e amigos de Cecília realizaram um protesto pacífico no início da tarde desta sexta (30). De acordo com Joanellys Lima, filha de Cecília, foram mais de 100 pessoas reunidas no bairro da Várzea, na Zona Oeste do Recife, para cobrar atenção ao caso.

"Ele recebeu a oportunidade de pagar fiança e responder em liberdade, acredito que isso não possa ser revertido. Mas temos que fazer pressão para que a justiça veja a gravidade desse caso e julgue Francisco da maneira que ele merece", reforçou a filha de Cecília. 

Além de pagar a fiança, o homem não pode se ausentar da Região Metropolitana do Recife (RMR), por mais sete dias sem prévia comunicação ao juízo competente. Ele também precisará comparecer mensalmente na sede do Juízo competente pelo caso. 

Veja também

Covid-19: Pfizer inicia pedido de registro para vacina na Anvisa
vacina

Covid-19: Pfizer inicia pedido de registro para vacina na Anvisa

Com mais de 170 mil mortos, Brasil registra novos 654 casos fatais nas últimas 24h
BOLETIM

Com mais de 170 mil mortos, Brasil registra novos 654 casos fatais nas últimas 24h