Adaptar-se ao gramado sintético é meta do Leão

Furacão é o melhor mandante da Série A, com aproveitamento de 86,2%

Paulo CâmaraPaulo Câmara - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Precisando da vitória para afastar de vez o risco de rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro, o Sport visita o Atlético/PR, domingo (19), pela 36ª rodada do Brasileirão. Derrotar o rubro-negro paranaense na Arena da Baixada, diga-se, não é tarefa fácil. O Furacão é o melhor mandante do torneio, com aproveitamento de 86,2%. E os leoninos estarão atentos a um dos aspectos que tem ajudado o Atlético na competição: o gramado sintético.

"Quando eu jogava na base do Internacional, atuei várias vezes em campos deste tipo. É um pouco diferente, mas a nossa equipe tem muita qualidade. É uma questão de adaptação. Acredito que saberemos lidar com isso. Estamos indo em busca da vitória, mesmo sabendo das dificuldades. O mais importante é estarmos bem na partida. Mesmo sendo o melhor mandante do campeonato, não acho que o Atlético/PR irá se atirar com tudo ao ataque desde o início", afirmou o meia Everton Felipe.

Se o Atlético/PR é o melhor mandante, o Sport, por outro lado, tem apenas o 13º melhor aproveitamento como visitante na Série A. Em 17 jogos, o time venceu apenas três, empatando dois e perdendo 12.

O Leão é o 15º colocado da Série A, com 43 pontos. O Furacão é o sexto, com 52.

Veja também

Pernambuco registra mais 99 casos e 12 mortes por Covid-19
Coronavírus

Pernambuco registra mais 99 casos e 12 mortes por Covid-19

Covid-19: governo reconhece calamidade pública na Bahia e no Ceará
Saúde

Covid-19: governo reconhece calamidade pública na Bahia e no Ceará