Notícias

Adolescente de 14 anos é morto em tentativa de assalto a policial civil no Recife

Crime ocorreu quando o policial estava caminhando na Agamenon

A reforma Tributária foi um dos temas debatidos no encontro que aconteceu na capital do Rio Grande do NorteA reforma Tributária foi um dos temas debatidos no encontro que aconteceu na capital do Rio Grande do Norte - Foto: Divulgação

Um adolescente de 14 anos foi morto ao tentar assaltar um policial civil no início da noite desta sexta-feira (30) no Recife,

De acordo com informações apuradas no local, o policial civil, que não teve o nome divulgado, passava a pé por volta das 19h30 na avenida Agamenon Magalhães, nas proximidades da Fábrica Tacaruna, no bairro de Campo Grande, quando foi abordado por três jovens que anunciaram o assalto.

O policial reagiu e acabou matando um dos suspeitos, o adolescente de 14 anos. Os outros dois, também adolescentes, fugiram, mas a polícia já os teria identificado e agora trabalhar para localizar os jovens. O policial, que mora perto do Classic Hall, ia visitar o pai, residente próximo, no bairro de Campo Grande. 

Após o ocorrido, o policial civil ligou para o Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods) e informou o ocorrido. Ele se apresentou ao Departamento de Homicidios e Proteção a Pessoa (DHPP), onde deve ser ouvido e liberado.

De acordo com informações do delegado da Força Tarefa de Homicídios Joaquim Braga Neto, o adolescente costumava praticar assaltos na área. "Ele e os outros suspeitos são acostumados a praticar pequenos assaltos no local. Tem um homem que pega os menores para fazer esses assaltos, inclusive nos dias de show no Classic Hall", disse.

Ainda de acordo com o delegado, o policial será ouvido e liberado. "A lei é clara. Quando você se apresenta de forma espontânea, você é ouvido e liberado. Não é porque ele é policial. Isso vale para qualquer cidadão brasileiro", disse.

Veja também

Ucrânia defende o Donbass após intensificação do avanço russo
Guerra na Ucrânia

Ucrânia defende o Donbass após intensificação do avanço russo

Chuvas: Pernambuco notifica 516 pessoas desalojadas e 249 desabrigadas
CHUVAS

Chuvas: Pernambuco notifica 516 pessoas desalojadas e 249 desabrigadas