Região Metropolitana do Recife

Adolescente de 17 anos é apreendido por suspeita de participação na morte do juiz Paulo Torres

Apreensão ocorreu nessa quarta (25) e confirmada pela PCPE nesta quinta-feira (26)

Juiz Paulo Torres Pereira da SilvaJuiz Paulo Torres Pereira da Silva - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um adolescente de 17 anos foi apreendido por suspeita de envolvimento na morte do juiz Paulo Torres da Silva, de 69 anos, assassinado na noite de 19 de outubro, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife.

A apreensão ocorreu nessa quarta (25) e foi confirmada pela Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) nesta quinta-feira (26). Segundo a corporação, foi cumprida a ordem judicial de internação provisória por ato análogo a latrocínio.

O pedido foi expedido pela Vara da Infância e Juventude da Comarca de Jaboatão dos Guararapes. A PCPE não informou onde ocorreu a apreensão e nem para qual unidade de internação o adolescente foi levado.

"As investigações seguem sob o comando da 12ª Delegacia de Polícia de Homicídios. Detalhes serão fornecidos no momento oportuno para não comprometer as diligências em curso", disse a corporação.

Paulo Torres Pereira da Silva pertencia à 21ª Vara Cível da Comarca do Recife e foi encontrado morto dentro do próprio carro, a 300 metros da sua casa, onde residia com mulher e filhos

Investigações apontam que o juiz havia saído para fazer uma caminhada no bairro do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho, na RMR, quando foi abordado pelos criminosos.

Nessa terça-feira (24), três suspeitos do assassinato foram presos pela Polícia Civil de Pernambuco (PCPE). O trio foi indiciado pelo crime de latrocínio.

Câmera de segurança de um imóvel da região onde aconteceu o crime registrou o carro em que estavam os suspeitos do assassinato.

 

Veja também

Kate Middleton irá assistir a final de Wimbledon, diz Palácio de Kensington
REINO UNIDO

Kate Middleton irá assistir a final de Wimbledon, diz Palácio de Kensington

Argentina venderá dólares no mercado paralelo para "esterilizar" câmbio, diz Caputo
Câmbio

Argentina venderá dólares no mercado paralelo para "esterilizar" câmbio, diz Caputo

Newsletter