Adolescente de 17 anos é vítima de estupro coletivo no Casem de Caruaru

Juiz Rommel Patriota informou que seis rapazes foram levados para a delegacia na última quarta-feira

Lupércio (SD) fez questão de valorizar a importância da Perimetral para os olindensesLupércio (SD) fez questão de valorizar a importância da Perimetral para os olindenses - Foto: Leo Motta/Folha de Pernambuco

Um adolescente de 17 anos, que cumpria medida socioeducativa na Casa de Semiliberdade (Casem) de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi vítima de estupro coletivo na última terça-feira (4). O juiz Rommel Patriota, responsável pela fiscalização da unidade, informou que seis rapazes - dois jovens e quatro adolescentes - foram levados para a delegacia, na última quarta (5), suspeitos pelo crime.

Os seis aguardam audiência de custódia e os adolescentes podem ser encaminhados para uma unidade da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase). Já os jovens podem ser levados para uma unidade prisional. A vítima recebeu atendimento médico e passa bem. O Casem de Caruaru tem capacidade para abrigar 20 adolescente.

Por meio de nota, a Funase informou que o caso aconteceu após a ronda noturna na unidade e o menino passou por exames. A vítima foi levada para outra unidade de ressocialização. Ainda segundo a Funase, a unidade trabalha para oferecer tranquilidade e segurança aos socioeducandos.

Veja também

Espanha considera 'estado de alarme' por Covid-19; Madri impõe novas restrições
Coronavírus

Espanha considera 'estado de alarme' por Covid-19; Madri impõe novas restrições

É irônico brancos serem tão sensíveis a falar de raça, diz autora de livro sobre antirracismo
Literatura

É irônico brancos serem tão sensíveis a falar de raça, diz autora de livro sobre antirracismo