A-A+

Adolescente é apreendido após tentar atear fogo na própria mãe

Por duas vezes, o jovem tentou apedrejar a mãe por não permitir o consumo de drogas dentro de casa

O simulacro de arma de fogo foi encontrado no quintal da casa da famíliaO simulacro de arma de fogo foi encontrado no quintal da casa da família - Foto: Divulgação/PM

Um adolescente de 15 anos foi apreendido pela Polícia Militar da 8ª CIPM após a mãe denunciá-lo por agressão. O fato aconteceu na noite da última quinta-feira (2), no município de Pesqueira, Agreste de Pernambuco. A mulher procurou a polícia após o filho ameaçar tocar fogo nela e tentar apedrejá-la duas vezes, que não conseguiu por conta da intervenção do vizinho.

Leia também:
Colisão entre duas motos deixa motociclistas mortos no Agreste pernambucano
Suspeito morre em troca de tiros com PMs após assalto em Olinda
Adolescente morre eletrocutado em piscina no Agreste


Segundo a mãe, o jovem é viciado em cheirar tíner, uma espécie de solvente para tintas, e se revoltou após ela proibir a prática dentro de casa, onde também vivem os dois irmãos mais novos. Durante a revista da polícia na casa da família, um simulacro de arma de fogo foi encontrado na área do quintal.

O adolescente foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Belo Jardim, onde também foi descoberto que ele já havia sido apreendido por cometer assalto a mão armada em um mercadinho, no ano passado. Testemunhas afirmam que ele comete roubos na região.

Veja também

'A médica estava constrangida, mas disse que Kit Covid é o protocolo da Prevent', relata jornalista
Denúncia

'A médica estava constrangida, mas disse que Kit Covid é o protocolo da Prevent', relata jornalista

Reforço da Pfizer aumentou em 20 vezes número de anticorpos em vacinados com Coronavac
Pesquisa

Reforço da Pfizer aumentou em 20 vezes número de anticorpos em vacinados com Coronavac