Adolescente leva simulacro para escola no Recife e assusta colegas de sala

Segundo policiais militares da Patrulha da Escola que foram à instituição de ensino, o jovem é estudante do 6º ano e disse ter encontrado a pistola de plástico preta na rua

Ambos foram encaminhados juntos com os responsáveis para o Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA)Ambos foram encaminhados juntos com os responsáveis para o Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA) - Foto: Arthur de Souza

Um adolescente de 13 anos, estudante da Escola Estadual Monsenhor Francisco Salles, no bairro da Soledade, área central do Recife, levou um simulacro para a escola, assustando os colegas de turma.

Segundo policiais militares da Patrulha da Escola que foram à instituição de ensino, o jovem é estudante do 6º ano e disse ter encontrado uma pistola de plástico preta na rua e que a confusão começou depois que ele mostrou o simulacro aos colegas de sala.

Leia também:
Jovem invade escola no RS e ataca estudantes com machado
Veículos, simulacro de pistola e celulares apreendidos em Caruaru
Jovem é morto e outro baleado em quadra de escola em Olinda


Ainda de acordo com os PMs, uma adolescente da mesma turma, que presenciou a cena, se sentiu ameaçada pelo garoto e acionou a direção da escola, que chamou a PM e os pais dos dois adolescentes.

Ambos foram encaminhados juntos com os responsáveis para o Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), da rua João Fernandes Vieira, no bairro da Boa Vista, área central do Recife.

De acordo com a mãe da aluna, o menino já teria se envolvido em outras confusões na escola. “Ele é um menino que já vem dando problemas. Na semana passada, minha filha reclamou que ele teria levado um estilete e amaçado cortar as meninas da escola. Falei com a secretaria mas nada foi feito”, contou.

Já a mãe do aluno afirma que o filho “é especial”, de acordo com laudos médicos. “Meu filho precisa de um acompanhamento. Ele tem dificuldades de aprendizagem, e toma medicação para evitar possíveis surtos”.

Veja também

Barroso manda governo proteger três terras indígenas da Covid-19 e diz que "situação é gravíssima"
Coronavírus

Barroso manda governo proteger três terras indígenas da Covid-19 e diz que "situação é gravíssima"

OAB define que metade dos cargos de direção da ordem deverá ser ocupada por mulheres
Equidade

OAB define que metade dos cargos de direção da ordem deverá ser ocupada por mulheres