Adolescentes da Funase participam de curso sobre aquaponia no IFPE

No curso, os estudantes aprendem como criar um sistema que integra a criação de peixes e organismos aquáticos com a cultura orgânica sem solo

Adolescentes da Funase no curso de Aquaponia, no IFPEAdolescentes da Funase no curso de Aquaponia, no IFPE - Foto: Divulgação

Adolescentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) agora participam da turma do curso de aquaponia do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE). As aulas, que também são ofertadas para a rede pública de ensino e em centros pedagógicos, contam com 12 internos do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Vitória de Santo Antão, na Mata Sul pernambucana.

No curso, os estudantes aprendem como criar um sistema que integra a criação de peixes e organismos aquáticos com a cultura orgânica sem solo, resultando na produção de alimentos de uma forma diferente da convencional. As atividades ocorrem uma vez por semana - são cinco terças-feiras, a última no dia 12 de novembro - nas instalações do IFPE, em Vitória de Santo Antão. Desde 2018, o campus já ofertou outros cursos para socioeducandos. 

Inscrições para vestibular do IFPE começam nesta segunda-feira
IFPE: com mais vagas, inscrições para vestibular 2020 começam nesta segunda
'Fomos eleitos com a perspectiva de mudança', diz novo reitor da UFPE

Segundo o coordenador do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase, Normando de Albuquerque, as aulas proporcionam novas vivências aos adolescentes envolvidos no curso. “Essa experiência representa o que entendemos como importante na profissionalização, que não é um fim em si mesma, mas o meio para socioeducar”, afirmou.

Veja também

Brumadinho: MPF quer anular acordo que prevê multa de R$ 250 mi a Vale
Brumadinho

Brumadinho: MPF quer anular acordo que prevê multa de R$ 250 mi a Vale

Justiça suspende revogação de normas de proteção a mangues e restingas

Justiça suspende revogação de normas de proteção a mangues e restingas