Adolescentes são apreendidos pela morte de dois homens no Pina que reclamaram sobre maconha

Moradores reclamaram com os rapazes porque eles estariam fumando maconha próximo às residências deles

Elielton XavierElielton Xavier - Foto: Divulgação/PCPE

Três adolescentes foram apreendidos suspeitos de dois assassinatos no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife. A motivação, segundo o delegado Elielton Xavier, da 3ª Delegacia de Homicídios, seria porque as vítimas reclamaram que os acusados estariam fumando maconha próximo às residências deles.

A prisão aconteceu na última sexta-feira (15), mas o caso só foi divulgado na manhã desta terça-feira (19) pela Polícia Civil de Pernambuco.  Dois adolescentes têm 15 anos e um, 12 anos. Eles são amigos e residiam no bairro de Brasília Teimosa, também na Zona Sul.

Segundo o delegado, no mês de dezembro de 2018, o trio estava fumando maconha próximo à casa de José Ricardo da Silva, 44, que, ao se sentir incomodado, pediu para que eles saíssem do local.  “Nesse momento, um adolescente de 15 e outro de 12 foram buscar uma arma e o outro de 15 anos que ficou, ao receber o revólver, disparou três tiros nas costas da vítima, que tinha dificuldades de locomoção e morreu no local”.

Leia também:
Para evitar ser preso, homem se passa por irmão em Jaboatão


Ainda segundo o delegado, em janeiro deste ano, também no bairro do Pina, o trio fez mais uma vítima pela mesma motivação. Eles foram responsáveis pela morte do idoso Paulo Alberto Gonçalves da Silva, 68, que teria se queixado que um dos adolescentes estava fazendo uso de entorpecentes na caçamba do seu veículo, estacionado em um galpão no bairro. De acordo com a polícia, o adolescente de 12 e um de 15 atiraram duas vezes no idoso, que chegou a ser socorrido para o Hospital da Restauração, mas não resistiu e morreu um dia após o crime.  “Um dos menores confessou que disparou um tiro e depois passou a arma para o amigo, que deu outro tiro contra a vítima”, relatou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, os jovens eram temidos por moradores da comunidade e pela própria família por praticarem também tráfico de drogas na região.  O trio foi autuado por homicídio qualificado consumado e foi encaminhado para a Funase onde devem ficar por 45 dias e depois devem ser transferidos pela Vara de Infância do Recife.

Veja também

Vogue vai publicar nova capa com Kamala Harris após avalanche de críticas
Polêmica

Vogue vai publicar nova capa com Kamala Harris após avalanche de críticas

Joe Biden e Kamala Harris homenageiam 400 mil vítimas da Covid-19 no país
Estados Unidos

Biden e Kamala homenageiam 400 mil vítimas da Covid-19