Covid-19

Aglomeração e mau uso das máscaras podem levar Pernambuco a fechar praias e parques novamente

Governo disse que avaliará o comportamento da população por mais uma semana

Praias do Estado têm apresentado público intenso e que não cumpre regras de distanciamento social e uso de máscarasPraias do Estado têm apresentado público intenso e que não cumpre regras de distanciamento social e uso de máscaras - Foto: Arthur Mota / Folha de Pernambuco

Em entrevista coletiva concedida de forma remota, na tarde desta quarta-feira (13), os secretários estaduais de Saúde, André Longo, e de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, deram um ultimato à população pernambucana sobre o comportamento visto nos parques e, sobretudo, nas praias do Estado. 

Segundo eles, os próximos dias serão determinantes para a tomada de uma decisão a respeito do acesso a esses locais. Caso não haja uma mudança de postura na utilização desses espaços, não está excluída a possibilidade de um novo fechamento, repetindo o cenário dos meses mais duros da Covid-19 no Estado, em 2020. 

Mesmo após a fiscalização nas praias pernambucanas ter sido intensificada, por pedido do Governo do Estado aos municípios, o cenário do último fim de semana não foi muito diferente do que vem sendo observado há alguns meses. 

Embora algumas praias tenham registrado um público menor, as pessoas insistem em não seguir os protocolos sanitários recomendados, sobretudo no que diz respeito ao uso das máscaras, que devem ser retiradas somente no momento do banho de mar e da alimentação. 

"A gente sabe a importância da faixa de areia para o comércio e para o turismo, mas, se não houver colaboração, teremos que adotar essa medida restritiva na próxima semana”, disse André Longo. 

“Temos quase 200 quilômetros de faixa litorânea no Estado. Não é possível que as pessoas se concentrem no mesmo espaço. Se não prevalecer o bom-senso, vai prevalecer a ordem, com a detenção das pessoas e, se necessário, fechamento das praias. Não queremos isso. Queremos que todos convivam pacificamente, mas não se pode admitir que abusem”, completou Pedro Eurico. 

Veja também

Encontrados 19 corpos carbonizados na fronteira México-EUA
Mundo

Encontrados 19 corpos carbonizados na fronteira México-EUA

Resgatados 11 mineiros soterrados há duas semanas em mina de ouro na China
Resgate

Resgatados 11 mineiros soterrados há duas semanas em mina de ouro na China