Agora é oficial: já é Carnaval no Recife

Ritmo pernambucano, registrado pela primeira vez há exatamente 111 anos, foi destaque durante cerimônia oficial de abertura

Cortejo na abertura do Carnaval do RecifeCortejo na abertura do Carnaval do Recife - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Agora é oficial: Já é Carnaval no Recife. Com um cortejo de várias agremiações em direção ao Marco Zero, o Recife acomeçou o abertura oficial do Carnaval 2018 celebrando 111 anos de frevo nesta sexta (9).

A concentração começou às 18h, com vários cortejos e, às 19h, Renato Artur Luz de Queiroz e Sabrina Feliciano da Silva, eleitos Rei e Rainha do Carnaval 2018, abriram a cerimônia, que também teve a fala do secretário executivo de Cultura da capital pernambucana, Eduardo Vasconcelos.

Leia também:
Ao som dos clarins, o Recife abre seu Carnaval nesta sexta
Frevo marca a abertura do Carnaval do Recife

Em seguinda, um verdadeiro "arrastão de frevo" invadiu o Marco Zero, com a presença dos homenageados do Carnaval deste ano, Nena Queiroga e J. Michiles e de figuras de destaque no frevo, como Antônio Nóbrega, Maestro Spok, Maestro Forró, André Rio, Almir Rouche, Marrom Brasileiro, Banda de Pau e Corda e Quinteto Violado.

 

Veja também

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista
Coronavírus

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria
internacional

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria