AGU aguarda notificação para analisar recurso sobre redação do Enem

A decisão de suspender a regra do Enem é do TRF1, que aceitou ação da Associação Escola Sem Partido que pedia a derrubada do trecho do edital que previa a nota zero

EnemEnem - Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil

A Advocacia-Geral da União (AGU) ainda não ajuizou no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), com sede em Brasília, o recurso contra a decisão que determinou a suspensão da regra que diz que quem desrespeitar os direitos humanos na prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terá a nota zerada. A prova será aplicada neste domingo (5).

A AGU informou, por meio da assessoria de imprensa, que “ainda aguarda a intimação do inteiro teor do acórdão, que contém os votos dos três desembargadores, para analisar qual o recurso cabível”.

Leia também:
Enem usará videoprovas para alunos surdos e deficientes auditivos
Saiba o que é obrigatório e o que não pode levar para a prova do Enem
Inep é notificado de decisão que suspende regra sobre direitos humanos no Enem


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou à Agência Brasil que foi notificado da decisão do tribunal na quarta-feira (1º), à noite, e que entrará com o recurso ainda nesta sexta-feira (3)

A decisão de suspender a regra do Enem é do próprio TRF1, que aceitou ação da Associação Escola Sem Partido que pedia a derrubada do trecho do edital que previa a nota zero.

Veja também

Biden toma posse como presidente dos EUA em meio a crises sanitária e de segurança
Estados Unidos

Biden toma posse como presidente dos EUA em meio a crises sanitária e de segurança

Anvisa não fará retrabalho ao avaliar novo pedido de mais doses do Butantan, diz gerente
Entrevista

Anvisa não fará retrabalho ao avaliar novo pedido de mais doses do Butantan, diz gerente