AGU entrega exames de Bolsonaro ao Supremo

Segundo Advocacia-Geral da União, laudos confirmam testes negativos

Presidente Jair BolsonaroPresidente Jair Bolsonaro - Foto: Evaristo Sá/AFP

A Advocacia-Geral da União (AGU) informou nesta terça-feira (12) que entregou ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski os laudos dos exames de covid-19 realizados pelo presidente Jair Bolsonaro. Segundo a AGU, os laudos confirmam que Bolsonaro testou negativo para o novo coronavírus.

Em março, o presidente informou que testou negativo nos dois exames que realizou.

Desde então, a partir de uma ação movida pelo jornal O Estado de S. Paulo, a Justiça de São Paulo vinha determinado que a AGU apresentasse o laudo para comprovar o resultado.

Leia também:
Entenda crimes em jogo com recusa em divulgar exames
Em depoimento de Heleno, PGR diz 'entender' que Bolsonaro falou em proteger família e amigos no RJ

Na sexta-feira (8), o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, suspendeu a decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) que obrigou o governo federal a apresentar à Justiça os exames. Na decisão, Noronha entendeu que é assegurado ao presidente e a todos os cidadãos a proteção à intimidade.

Na última segunda (11), o jornal recorreu ao STF e o ministro Ricardo Lewandowski foi escolhido relator do caso. Ainda não houve decisão do ministro.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Fiocruz busca avaliar impactos do isolamento social por conta da Covid-19
Pesquisa

Fiocruz busca avaliar impactos do isolamento social por conta da Covid-19

Em depoimento sobre ferimentos, Joice Hasselmann critica Heleno e diz não confiar na PF
DEPOIMENTO

Em depoimento sobre ferimentos, Joice Hasselmann critica Heleno e diz não confiar na PF