Surto no Recife e RMR

Além do Recife, Camaragibe também registra casos de lesões que causam coceira na pele

O município registrou 60 casos; a maioria dos pacientes notificados reside nos bairros de Ostracil, Aldeia e Tabatinga

Casos também apareceram em Camaragibe Casos também apareceram em Camaragibe  - Foto: Pixabay

Além dos 79 casos de lesões cutâneas registradas no Recife, outras 60 notificações do mesmo tipo foram feitas no município de Camaragibe, na Região Metropolitana da Capital pernambucana, totalizando 139 casos no Estado até o momento.

Segundo a Secretaria de Saúde da cidade, a maioria das pessoas que buscaram atendimento no Hospital Aristeu Chaves, principal emergência de Camaragibe, alegando as lesões na pele, que provocam coceira, residem nos bairros de Ostracil, Aldeia e Tabatinga.

A  prefeitura do município informou que a Vigilância em Saúde de Camaragibe está realizando um estudo clínico epidemiológico com o levantamento de informações acerca de diagnósticos dos pacientes.

Um estudo entomológico também está sendo realizado para a identificação de possíveis insetos ou artrópodes que estejam causando as intercorrências. A água da rede de abastecimento nas residências também está sendo coletada para análises.
 


Casos no Recife

Um surto de lesões cutâneas no Recife está sendo investigado pela Secretaria de Saúde da capital pernambucana (Sesau). Segundo o órgão, 79 pessoas, com idades entre dois e 96 anos, apresentaram as lesões na pele. 

Os primeiros casos ocorreram no Córrego da Fortuna e no Sítio dos Macacos, na Zona Norte da cidade, e foram notificados pela Vigilância Epidemiológica do município no início deste mês de novembro.

A Sesau reforça que, no intuito de esclarecer o evento, tem discutido os casos com equipe clínica e que as investigações epidemiológicas, entomológicas e laboratoriais estão em andamento. 

A Secretaria Estadual de Saúde informou que também está acompanhando a evolução das investigações realizadas e dando o apoio técnico necessário. 

Veja também

Lembra quando Bolsonaro era o fascista?', questiona filho de John Lennon, Sean Ono
Política

Lembra quando Bolsonaro era o fascista?', questiona filho de John Lennon, Sean Ono

Estudo indica que bonobos são mais agressivos do que se pensava
Bonobos

Estudo indica que bonobos são mais agressivos do que se pensava

Newsletter