Alepe vai sediar evento que discute violência de gênero, segurança e suicídio

Desde fevereiro, a União Nacional de Legislativos e Legisladores Estaduais (Unale) vem realizando eventos nas outras quatro regiões do País

Evento discute pontos da cidadaniaEvento discute pontos da cidadania - Foto: UNALE/Divulgação

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) vai sediar, na próxima quinta-feira (3), a 5ª edição do Seminário Regional de Promoção e Defesa da Cidadania. Desde fevereiro, a União Nacional de Legislativos e Legisladores Estaduais (Unale) vem realizando eventos nas outras quatro regiões do País. Desta vez, o Estado vai sediar o encontro do Nordeste, que tem como proposta discutir políticas públicas sobre suicídio, violência contra a mulher, automutilação e Sistema Único de Segurança Pública (Susp).

Com suporte do governo federal, Conselho Nacional de Justiça e do Ministério Público, o seminário deve reunir propostas dos especialistas que vão participar do encontro de Pernambuco com as dos outros estados. O evento também conta com a participação dos ministros da Cidadania, Osmar Terra; da Saúde, Luiz Henrique Mandetta; e a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

Leia também:
Alepe promove congresso para celebrar as Constituições estaduais
Alepe lança projeto para aproximar cidadão da vida parlamentar


De acordo com o presidente da Unale e deputado estadual (SC), Kennedy Nunes, o evento tem o suporte de grandes instituições por causa da grande capilaridade. “Ele reúne especialista locais nessas áreas. Já temos 100 propostas dos outros encontros, que vão se juntar aos do Nordeste. Vai ter uma equipe técnica que vai avaliar essas propostas e vai fazer uma compilação. Assim entregaremos ao presidente Bolsonaro através de estudos que serão feitos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV)”, afirma o mandatário catarinense.

Ele explica que um dos pontos mais importantes na discussão é a automutilação entre os jovens da faixa dos 15 aos 23 anos.

Segundo Kennedy, o evento tem como objetivo final a humanização do poder legislativo. "Em novembro, teremos a nossa conferência em Salvador, em que vamos discutir a humanização e a aproximação do poder junto à população", frisa o presidente.

Veja também

Quadrilha suspeita de receptação de carga e lavagem de dinheiro é alvo de operação no Recife
Operação Omnia

Quadrilha suspeita de receptação de carga e lavagem de dinheiro é alvo de operação no Recife

Pernambucano é único brasileiro a conquistar ouro na Olimpíada Internacional de Matemática
Ciência

Pernambucano é único brasileiro a conquistar ouro na Olimpíada Internacional de Matemática