Alfândega do Recife libera com urgência cargas médico-hospitalares

Cargas com característica médico-hospitalares recebem tratamento prioritário e são liberadas em minutos

Médicos utilizando e contando as máscaras cirúrgicasMédicos utilizando e contando as máscaras cirúrgicas - Foto: AFP

Para auxiliar e garantir a agilidade na liberação de itens médico-hospitalares durante a pandemia do novo coronavírus em Pernambuco, servidores da Alfândega da Receita Federal em Recife atuam de prontidão para atender toda importação de produtos que podem ser usados no atendimento a pacientes da Covid-19.

Qualquer carga com característica médico-hospitalar, uma vez dada entrada no Porto de Suape ou no Aeroporto do Recife, tem sua documentação analisada e carga fiscalizada em questão de minutos.

Os produtos que necessitarem de retificação da declaração de importação ou do cumprimento de alguma exigência por parte do importador, tem os seus respectivos responsáveis contactados imediatamente pelos servidores da Alfândega para que as questões sejam sanadas e a carga liberada.

Leia também:
OMS diz que coronavírus 'nos acompanhará por muito tempo'
Congresso amplia medidas emergenciais e infla conta da crise

Desde o início da pandemia, cargas com diferentes destinações médico-hospitalares têm passado pela Alfândega e recebido esse tratamento prioritário, independente se relacionados diretamente ao combate da pandemia do Covid-19 ou não.

Na última semana, passaram pela fiscalização no Recife cerca de 2 toneladas contendo diversos tipos de testes diagnósticos de resultado rápido para utilização no monitoramento da evolução dos pacientes. Também foi liberada rapidamente outra carga, vinda da China, com módulos ventiladores, sensores de fluxo respiratório, monitores de sinais vitais e pás de eletrodos, itens essenciais ao trabalhos das equipes médico-sanitárias envolvidas no tratamento de pacientes infectados com o Covid-19. 

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Confinamento contra Covid-19 é útil para América Latina? Depende, diz FMI
Coronavírus

Confinamento contra Covid-19 é útil para América Latina? Depende, diz FMI

DEM expulsa Rodrigo Maia, que chama presidente do partido de 'Torquemada Neto'
Política

DEM expulsa Rodrigo Maia, que chama presidente do partido de 'Torquemada Neto'