Aluna perde prova e cerca de 15 chegam nos últimos minutos para o SSA

Iris Kalina saiu de São Lourenço da Mata por volta das 5h da manhã, mas não chegou a tempo na Escola Politécnica de Pernambuco

Deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE)Deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE) - Foto: Humberto Pradera

No primeiro dia de prova do vestibular seriado da UPE, o SSA, nesta segunda-feira (9), alunos do 1º ano do Ensino Médio de várias partes do Estado respondem 44 questões de língua portuguesa, matemática, física, língua estrangeira (inglês ou espanhol) e filosofia. Os portões fecharam às 8h da manhã, mas alguns concorrentes tiveram problemas para chegar ao local de prova. Cerca de 15 pessoas entraram pelos portões da Escola Politécnica de Pernambuco menos dez minutos antes do fechamento. Uma aluna perdeu a prova

Leia mais:
 Vestibular UPE: feras enfrentam SSA 1 e 2

A estudante Iris Kalina saiu de São Lourenço da Mata, Região Metropolitana do Recife (RMR), por volta das 5h da manhã. “Pegamos muito trânsito, não deu tempo de chegar. Mas tenho outras chances” explica ela. Maria Antônia, que também faz o SSA 1, quase não conseguiu entrar a tempo no local de prova.

Ela chegou às 7h, mas esqueceu a carteira de identidade no carro. “Tive que esperar minha mãe voltar para trazer o documento” comenta.

Aos que fazem a prova, resta esperar. Joselma Gomes, mãe do aluno Igor Guilherme, de 14 anos, aguarda o filho terminar a prova na Escola Politécnica de Pernambuco. “Tive que pedir folga de dois dias no trabalho pra acompanhar ele. A gente acordou às 05h30 da manhã e viemos de ônibus” conta ela, que mora em Jaboatão dos Guararapes.

Veja também

Pausa no uso da vacina Johnson & Johnson altera planos da Europa e dos EUA
Vacina

Pausa no uso da vacina Johnson & Johnson altera planos da Europa e dos EUA

Babá diz que mãe de Henry pediu que ela mentisse e apagasse mensagens
Caso Henry

Babá diz que mãe de Henry pediu que ela mentisse e apagasse mensagens