Alvirrubros não podem baixar a guarda

Temor é que fim da sequência invicta na Série B abale o ânimo dos torcedores do Náutico, que terá a volta de jogadores importantes

Paulo Câmara durante rodada do Pernambuco em Ação, em PetrolinaPaulo Câmara durante rodada do Pernambuco em Ação, em Petrolina - Foto: Ivaldo Régis/Divulgação

 

“Leva-se uma vida para construir algo e um segundo para arruinar”. Não há como dizer com clareza o autor do pensamento, mas a frase virou um símbolo que representa a sensação de frustração. O lamento por saber que o trabalho duro acabou penalizado pelo menor dos lapsos. Esse é o sentimento que os torcedores do Náutico não esperam ter no final da 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Mas um pouco disso foi sentido após a derrota por 2x1 para o Luverdense, no Passo das Emas.

Foi preciso o time engatar uma série de seis vitórias, muitas delas na base do sacrifício, para o sonho do acesso tomar um caminho mais concreto. Porém, o primeiro tropeço pós-sequência invicta já tirou o Timbu do G4. O que alvirrubros menos desejam, contudo, é que a derrota arrefeça a confiança da torcida na luta para voltar à Série A. O Timbu ainda está vivo.

“Não podemos deixar de sonhar com o G4 e contamos com o apoio do torcedor”, disse o goleiro Rodolpho, já visando ao jogo contra o Atlético/GO, sexta-feira, na Arena de Pernambuco. O Dragão é o líder da Série B, com 61 pontos. A expectativa dos alvirrubros era de superar o público de mais de 25 mil pessoas do jogo contra o Ceará. O problema é que os atletas ficaram temerosos de que o tropeço tenha diminuído a fé dos torcedores. Para os mais descrentes, vale prestar atenção na boa notícia que vem a seguir.

Após cumprirem suspensão automática diante do Luverdense, o meia Vinícius e o atacante Rony voltarão ao time titular. “Eles fizeram falta pelo momento que estão vivendo”, citou Givanildo Oliveira após o jogo contra a equipe de Lucas do Rio Verde. Por outro lado, o treinador minimizou a atuação fraca dos substitutos da dupla: Renan Oliveira e Yuri Mamute. “Eu esperava um rendimento melhor não só dos que entraram no lugar de Vinícius e Rony, mas do grupo todo. Quem entra tem de corresponder”, lamentou.

Quem também pode retornar ao time é o goleiro Júlio César. Ausente dos últimos dois jogos após pancada sofrida na cabeça em um treinamento, ele deve ser observado nesta semana pelo Departamento Médico do clube. Se a avaliação for positiva, o camisa 1 volta a campo diante do Dragão.

Além de Náutico (5º) x Atlético/GO (1º), a Segundona terá outros confrontos diretos na briga pelo acesso. Na quarta-feira, o vice-líder Vasco pega o Avaí, em terceiro, no estádio de São Januário. O quarto colocado Londrina visita o Criciúma, nono, no Heriberto Hulse. Em sexto, o Bahia recebe o Ceará, uma posição abaixo, na Fonte Nova.

 

Veja também

Astronauta estadunidense vota do espaço
Eleições EUA

Astronauta estadunidense vota do espaço

GOL e Cobasi fazem ação conjunta para quem viajar com animais de estimação
Folha Pet

GOL e Cobasi fazem ação conjunta para quem viajar com animais de estimação