Amazonas instala contêineres para corpos de vítimas do coronavírus

Horas antes, circulou um vídeo gravado no interior da unidade em que aparecem corpos de vítimas da Covid-19 ao lado de pacientes em tratamento

Coronavírus Coronavírus  - Foto: Reprodução/Internet

O governo do Amazonas anunciou nesta sexta-feira (17) que instalará um contêiner frigorífico no hospital João Lúcio, em Manaus. Horas antes, circulou um vídeo gravado no interior da unidade em que aparecem corpos de vítimas da Covid-19 ao lado de pacientes em tratamento.

Leia também:
Autores de pesquisa sobre cloroquina no Amazonas recebem ameaças
Pernambuco ultrapassa 2.000 casos confirmados de Covid-19

Este é o terceiro contêiner para acomodar mortos pelo novo coronavírus em Manaus. Os outros dois foram instalados há duas semanas no hospital Delphina Aziz, a unidade de referência para Covid-19. Com a lotação esgotada há uma semana, os doentes passaram a ser enviados para outras hospitais da rede pública.

O vídeo foi gravado na quarta-feira (15). Segundo o governo, 14 pessoas morreram no hospital entre esse dia e a manhã da quinta-feira, todos pacientes suspeitos de Covid-19. Apesar de as imagens sugerirem superlotação do hospital João Lúcio, governo do Amazonas afirmou, via nota, que todos os pacientes "receberam assistência adequada, manejo clínico de acordo com as suas necessidades, medicação e oxigênio".

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)
Coronavírus

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)

Milhares protestam contra prisão de opositor de Putin na Rússia
Protestos

Milhares protestam contra prisão de opositor de Putin na Rússia