América Latina e Caribe passam de 30 mil mortes por Covid-19

O Brasil é o país mais afetado pela pandemia na América Latina, com 254.220 contágios e 16.792 mortes

Avanço do novo coronavírus no mundo Avanço do novo coronavírus no mundo  - Foto: Michael Dantas / AFP

A América Latina e o Caribe superaram nesta segunda-feira (18) as 30.000 mortes pelo novo coronavírus, que infectou mais de meio milhão de pessoas na região, segundo um balanço da AFP elaborado com dados oficiais. No total, a região somava nesta segunda-feira às 19h de Brasília (22h GMT) 538.126 casos, sendo 30.076 óbitos.

O Brasil é o país mais afetado pela pandemia na América Latina, com 254.220 contágios e 16.792 mortes, embora os especialistas considerem que as cifras oficiais escondem uma realidade muito mais trágica, devido à falta de testes. Enquanto os casos continuavam subindo no país, o presidente Jair Bolsonaro voltou a desafiar no domingo as diretrizes sanitárias contra aglomerações e cumprimentou centenas de simpatizantes que se aglomeraram nos arredores do Palácio do Planalto, em Brasília.

Leia também:
Pré-sintomáticos de Covid-19 podem contaminar ambientes, diz estudo
Brasil confirma 674 mortes nas últimas 24h

Dois dias antes, o governo sofria sua segunda baixa no Ministério da Saúde, com a renúncia do ministro Nelson Teich depois de menos de um mês no cargo, devido a "incompatibilidades" com Bolsonaro, que tem confrontado governadores e prefeitos pelas medidas de confinamento.

O segundo país da região mais afetado em número de casos é o Peru, com 94.933 infectados e 2.789 falecidos. Em terceiro lugar está o México, com 49.219 contágios e 5.177 mortos. O Chile, o quarto país da região em número de casos, soma 46.059, com 478 falecidos.

A cifra de casos diagnosticados positivos positivos só reflete parte do total de contágios, devido às políticas díspares dos diferentes países para diagnosticar as infecções e a que apenas alguns o fazem com pessoas que precisam de hospitalização. No mundo, mais de 4,7 milhões de pessoas se contagiaram com o novo coronavírus, que surgiu na China em dezembro de 2019. Delas, mais de 316.000 morreram e mais de 1,7 milhão se recuperaram.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Anvisa atualiza exigências para armazenamento de vacina da Pfizer
Coronavírus

Anvisa atualiza exigências para armazenamento de vacina da Pfizer

Governo negocia com a Pfizer mais 100 milhões de doses de vacina contra Covid
Vacina

Governo negocia com a Pfizer mais 100 milhões de doses de vacina contra Covid