Rússia

Análise genética confirma a morte de Prigozhin, líder de Wagner

Foi realizada uma "análise genética molecular" para confirmar as identidades das dez vítimas do acidente

retratos de Yevgeny Prigozhin e Dmitry Utkin, uma figura sombria que administrou as operações de Wagner e supostamente serviu na inteligência militar russa, é colocada em um memorial improvisado em frente ao Centro Wagner da Companhia Militar Privadaretratos de Yevgeny Prigozhin e Dmitry Utkin, uma figura sombria que administrou as operações de Wagner e supostamente serviu na inteligência militar russa, é colocada em um memorial improvisado em frente ao Centro Wagner da Companhia Militar Privada - Foto: Olga Maltseva/AFP

A morte de Yevgueni Prigozhin, líder do grupo paramilitar russo Wagner, cujo avião caiu na quarta-feira, foi confirmada por análise genética, informada neste domingo pelo Comitê de Investigação Russo.

Depois de realizar uma “análise genética molecular”, foi estabelecido que as identidades das dez vítimas de seus corpos foram encontradas “correspondem à lista” de passageiros e tripulantes do avião, incluindo Prigozhin, afirmou o Comitê em um comunicado.

Veja também

Fiocruz alerta para circulação simultânea da covid-19 e gripe
SAÚDE

Fiocruz alerta para circulação simultânea da covid-19 e gripe

Brasil bate 1 milhão de casos de dengue em 2024 com apenas dois meses
BALANÇO

Brasil bate 1 milhão de casos de dengue em 2024 com apenas dois meses