Anitta leva energia para plateia cansada e convida MC Loma

Cantora subiu pela primeira vez ao palco do Olinda Beer neste domingo (4)

Anitta canta no Olinda BeerAnitta canta no Olinda Beer - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

“Vocês acharam que eu não ia rebolar minha bunda hoje?”. A saudação de Anitta fez parte, como é de costume, de mais um de seus shows. Dessa vez, o palco foi o Olinda Beer, evento que chegou a sua 21ª edição no último domingo (4). Com o joelho machucado, a cantora desafiou quem achava que ela não ia dançar: Anitta rebolou e animou o público ao som dos hits “Vai malandra”, “Sua cara” e “Paradinha”, entre outros. De sobra, ainda convidou ao palco a pernambucana MC Loma, sensação da Internet.

Pela primeira vez no Olinda Beer, a cantora é uma das que chamaram mais atenção nesta edição, cujo tema reflete sua gama de ritmos e gêneros musicais: “Junta todo mundo”. De fato, Wesley Safadão, Marília Mendonça, Thiaguinho e Leo Santana foram apenas alguns que, junto com Anitta, trouxeram diversidade no palco para o público que lotava o estacionamento do Centro de Convenções.

Os covers de músicas de Anitta pareceram invadir o Olinda Beer, fazendo com que a cantora estivesse presente até mesmo horas antes do seu show. “Vai Malandra” foi música cantada por Xandy Aviões em seu show e Marília Mendonça também não perdeu a oportunidade, não resistindo a dancinha de “Sua Cara” e homenageando a colega que iria cantar após sua apresentação (com quem, aliás, já declarou que gostaria de fazer parceria).

“Muito feliz de estar aqui pela primeira vez. O Carnaval é semana que vem, mas hoje a gente vai fingir que ele já chegou em Olinda”, brincou a cantora. “Eu trago hoje o Bloco das Poderosas para vocês”, anunciou. E cumpriu a promessa: no repertórios, hits carnavalescos se fizeram presentes entre as famosas “Is that for me”, “Machika”, “Paradinha”, “Loka”, em parceria com Simone e Simaria, e “Sua Cara”, parceria com Pabllo Vittar.

Apesar da energia da cantora, o público pareceu não ter lidado muito bem com a quantidade de shows que vieram antes da poderosa. “Várias vezes ela chamava o público para se animar junto com ela e o pessoal estava meio cansado”, avaliou Jessica Andrade, 23 anos. A multidão só pareceu despertar quando Anitta anunciou a entrada de MC Loma, que, por ser menor de idade, não pôde performar, mas desceu, subiu e rebolou como manda o seu hit “Envolvimento”, famoso nas redes sociais. “Senti que ela guardou as energias para MC Loma. E foi massa!”, declara Jéssica. Loma subiu ao palco acompanhada das suas dançarinas oficiais, as Gêmeas Lacração, e até se emocionou ao lado da ídola Anitta.

Veja também

A 8 dias da eleição, Senado dos EUA confirma juíza ultraconservadora para a Suprema Corte
internacional

A 8 dias da eleição, Senado dos EUA confirma juíza ultraconservadora para a Suprema Corte

Brasil atinge 5,4 milhões de casos da Covid-19
boletim

Brasil atinge 5,4 milhões de casos da Covid-19