Ansiedade e preocupação com horário de verão marcam chegada de estudantes aos locais de provas

Neste domingo, candidatos farão provas de Linguagens, Ciências Humanas e uma redação

Estudante Izadora Luíza, acompanhada pelos pais, pouco antes da hora do EnemEstudante Izadora Luíza, acompanhada pelos pais, pouco antes da hora do Enem - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Para não correr o risco de perder o primeiro domingo de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que este ano acontece com o início do horário de verão, os estudantes chegaram cedo ao seus locais de prova. Nas ruas próximas à Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), na área central do Recife, a movimentação é intensa, mas flui. Os portões abrem às 11h e fecham pontualmente ao meio-dia, no horário local.

“Sorte que o trânsito hoje está bem tranquilo. Pegamos uma carona e chegamos em menos de uma hora”, disse o estudante Hailton Célio, 17, que saiu de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, com o amigo Lucas Tavares, 18. Eles vão tentar o curso de Engenharia.

Leia também:
Enem: Grande Recife tem 23 linhas de ônibus reforçadas
Horário de verão começou à 0h deste domingo


Já a estudante Samanta Mariz, 22, faz o exame pela quarta vez e sabe que quanto mais cedo sair de casa, melhor. “Vim de Marcos Freire, Jaboatão, e acordei cedinho pra estar aqui às 9h”, disse ela ao lado dos pais Julião Monteiro e Jucileide Mariz. “Viemos dar sorte. Família é isso”, completou a mãe.

Neste domingo (4), eles farão as provas de Linguagens, Ciências Humanas e Redação. Izadora Luiza, 17, está preocupada com a redação. “Acredito que será algo sobre fake news”, disse ela, que quase não conseguiu dormir esta noite, ansiosa. “Ela acordou às 5h e ficou atenta toda manhã. Foi o tempo de se arrumar e vir”, reforçou o pai Jorge Bandeira, completando ainda que a família passou a semana atenta com o horário de verão. Por todos os lados, há tendas de vários colégios, vendedores de lanches, água e caneta.

Veja também

Secretário de Saúde de Pernambuco critica entraves diplomáticos que afetam vacinação no Brasil
Covid-19

Longo critica entraves diplomáticos à vacina: "Não podem colocar em xeque a saúde dos brasileiros"

Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 22 milhões
Economia

Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 22 milhões