Saúde

Anvisa decide liberação de vacinas contra a Covid-19; acompanhe a reunião ao vivo

Agência Nacional de Vigilância Sanitária, AnvisaAgência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa - Foto: EBC
A diretoria colegiada da Anvisa decide neste domingo o uso emergencial das vacinas contra a Covid-19. O Instituto Butantan, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, e a Fundação Oswaldo Cru (Fiocruz), parceira do consórcio Astrazeneca/Oxford, entraram com requerimentos de autorização em caráter emergencial para suas vacinas.

Acompanhe a reunião através do link.

Segundo norma da Anvisa, a autorização para uso emergencial envolve uma série de exigências. Os imunizantes não podem ser usados em massa nem comercializados, mas para públicos específicos. Para receber a permissão, a vacina tem que ter estudo clínico na Fase 3 no Brasil.
 

Apenas as empresas que estão desenvolvendo as vacinas poderão solicitar a autorização na Anvisa. Deve ser comprovada a capacidade de fabricar ou de importar a substância.

 

Veja também

PCR instala contêiner ao lado do Hospital do Idoso para armazenar corpos de vítimas da Covid-19
Coronavírus

PCR instala contêiner ao lado do Hospital do Idoso para armazenar corpos de vítimas da Covid-19

Contágios em lares de idosos espanhóis caem após vacinação
Imunização

Contágios em lares de idosos espanhóis caem após vacinação