Anvisa revoga norma que restringia alimentos de Fukushima

A norma que tratava do assunto foi publicada após acidente nuclear ocorrido na região em 2011, quando reatores foram atingidos por um tsunami

AnvisaAnvisa - Foto: Divulgação/Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu todas as restrições à entrada de matérias-primas e produtos alimentícios fabricados e/ou embalados na prefeitura de Fukushima, no Japão. A assinatura da revogação foi feita durante visita de uma comitiva japonesa à Anvisa. A resolução foi publicada nesta terça (21) no Diário Oficial da União.

Leia também
Câncer de próstata tem novo tratamento aprovado pela Anvisa
Anvisa suspende venda e uso de lote de remédio para esquizofrenia


A norma que tratava do assunto foi publicada após acidente nuclear ocorrido na região em 2011, quando reatores foram atingidos por um tsunami. Desde abril daquele ano, o controle do nível de radioatividade em alimentos passou a ser feito em produtos com origem em 12 prefeituras japonesas, incluindo a de Fukushima, capital da província de Fukushima, na região de Tohoku.

Veja também

Municípios dão início à etapa de vacinação contra Covid-19 para idosos. Saiba como fazer cadastro
Saúde

Municípios dão início à etapa de vacinação contra Covid-19 para idosos. Saiba como fazer cadastro

Bolsonaro participa de celebração nacional da Índia na embaixada
Governo Federal

Bolsonaro participa de celebração nacional da Índia na embaixada