Chuvas

Apac emite alerta de chuvas moderadas a fortes para RMR e Zona da Mata de Pernambuco

Precipitações serão causadas pelo Distúrbio Ondulatório de Leste (DOL), o mesmo fenômeno que atuou entre o fim de maio e começo de junho

Chuvas no RecifeChuvas no Recife - Foto: Marconi Meireles/Folha de Pernambuco

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu, na manhã desta terça-feira (21), um aviso meteorológico que indica a previsão de ocorrência de chuvas com intensidade de moderada a forte para Região Metropolitana do Recife e Zonas da Mata Norte e Sul do Estado, a partir da madrugada desta quarta-feira (22).

De nível laranja, o alerta, válido até 23h59 de quarta-feira, indica estado de atenção, quando há uma previsão de condição significativa dos fenômenos meteorológicos com risco moderado a alto e com potencial severo. As chuvas têm potencial para passar dos 50 mm e chegar a até 100 mm

A Apac explica que as precipitações devem ser causadas pela atuação do Distúrbio Ondulatório de Leste (DOL), o mesmo fenômeno que atuou entre o fim de maio e começo de junho e causou as chuvas devastadoras acima da média histórica no Estado. A tendência, inclusive, é de permanência das chuvas pelos próximos dias

O DOL é uma configuração dos ventos que favorece a elevação da umidade de baixos níveis para altos níveis. Quando a umidade encontra certa altura, transforma-se em nuvens e, dependendo da quantidade de umidade, em nuvens de tempestade. 

Ainda segundo a agência, há previsão de que a onda de leste entre no continente e cause chuvas também no Agreste pernambucano a partir da tarde e noite de quarta-feira.

A população deve acompanhar as previsões atualizadas nos próximos dias e seguir as recomendações da Defesa Civil do seu município.

Veja também

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 43 milhões
Loteria

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 43 milhões

 Dez mortos em disparo de míssil russo contra prédio de apartamentos em Odessa
Guerra na Ucrânia

Dez mortos em disparo de míssil russo contra prédio de apartamentos em Odessa