Após lei do ex provocando o Flamengo, Thomás celebra primeiro gol no Sport e ganha torcida

O meia minimizou a sua comemoração alusiva à polêmica do título brasileiro de 87: "Vocês sabem o que significa"

Thomás faz a festa com a torcida após o primeiro gol pelo SportThomás faz a festa com a torcida após o primeiro gol pelo Sport - Foto: Anderson Stevens

Lei do ex na Ilha do Retiro. Um dos autores dos gols da vitória do Sport sobre o Flamengo por 2 a 0, ontem, foi o recém-chegado Thomás. Acionado pela segunda vez seguida na etapa complementar, o meia marcou o seu o primeiro gol com a camisa do Leão logo contra o clube que o projetou para o futebol. Mesmo formado nas categorias de base do rubro-negro carioca, ele polemizou na comemoração ao gesticular com as mãos o número 87, fazendo um símbolo alusivo ao título brasileiro daquele ano.

Logo após a partida, o meia foi perguntado sobre a provocação e simplificou na resposta: “Vocês sabem o que significa”, disse. Segundo ele, o gesto não foi para cair nas graças da torcida do Sport. “Não fiz isso querendo ganhar a torcida. Não quero ganhar a torcida pela comemoração e sim pelo que faço dentro de campo, pelo meu empenho", ressaltou.

Em seu segundo jogo pelo Leão, Thomás elevou muito mais a moral com o técnico Vanderlei Luxemburgo, que lançou o jogador em 2011, na época do Flamengo. O novo trabalho da dupla começa a dar certo na Ilha do Retiro e o meia pode ganhar sequência daqui pra frente.

“Quero sempre jogar, mas respeito as escolhas do técnico (Vanderlei Luxemburgo). Quero ajudar no que for preciso", finalizou o jogador de 24 anos, que estava no rival Santa Cruz, onde se destacou no Campeonato Pernambucano e na Copa do Nordeste.

Veja também

Linhas do TI Joana Bezerra que deveriam operar com redução de passageiros seguem com lotação
Ônibus

Linhas do TI Joana Bezerra que deveriam operar com redução de passageiros seguem com lotação

Após críticas, Ministério da Saúde retira do ar aplicativo que indicava remédios sem eficácia
Coronavírus

Após críticas, Ministério da Saúde retira do ar aplicativo que indicava remédios sem eficácia