Após novo recorde de casos, AM suspende boletim diário sobre coronavírus

É a primeira vez que um estado suspende o boletim diário de casos

Homem retira caixões do caminhão, no AmazonasHomem retira caixões do caminhão, no Amazonas - Foto: Michael Dantas / AFP

Alegando duplicidade na contagem, o governo do Amazonas anunciou nesta quarta-feira (13) que suspenderá a atualização diária de casos de coronavírus. Em 24 horas, houve 1.648 registros no estado, um novo recorde.

É a primeira vez que um estado suspende o boletim diário de casos. Em nota à imprensa, a diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Rosemary Costa Pinto, disse que o órgão "está em constante atualização nos seus bancos de dados e que isso se deve ao constante fluxo de informações procedentes dos hospitais e das secretariais municipais".

Leia também:

Amazonas recua, prorroga isolamento social e ignora decreto de Bolsonaro

Amazônia pode ser 'maior repositório de coronavírus do mundo', diz cientista brasileiro 

"Na oportunidade, considerando a necessidade de eliminar duplicidades, os epidemiologistas da FVS indicam que, durante os próximos dias, a informação de casos notificados não será atualizada", completou.

Procurada pela reportagem para detalhar o que aconteceu, Costa Pinto não respondeu até a conclusão deste texto.

O Amazonas acumula 15.816 casos confirmados de Covid-19, com 1.160 mortes e 49 óbitos nas últimas 24 horas. É o quarto estado em número de casos, apesar de ser somente o 13º mais populoso do país.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

Veja também

Xi Jinping ataca Guerra Fria 2.0 e defende multilateralismo em Davos
Fórum Econômico Mundial

Xi Jinping ataca Guerra Fria 2.0 e defende multilateralismo em Davos

Avenida fica submersa em Florianópolis após chuvas e rompimento de lagoa artificial
Santa Catarina

Avenida fica submersa em Florianópolis após chuvas e rompimento de lagoa artificial