Após reforma da Previdência, governo Bolsonaro troca presidência de fundo da educação

Assume o cargo Rodrigo Sergio Dias, 35, ex-presidente da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) no governo Michel Temer

Rodrigo Sergio Dias (E) assume a presidência do FNDERodrigo Sergio Dias (E) assume a presidência do FNDE - Foto: Daniel Ribeiro/Funasa

Um dia após a aprovação da reforma da Previdência na Câmara, o Ministério da Educação do governo Jair Bolsonaro (PSL) anunciou uma troca na presidência do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação).

Assume o cargo Rodrigo Sergio Dias, 35, ex-presidente da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) no governo Michel Temer, primo do ex-ministro das Cidades, Alexandre Baldy (PP), e de Elsinho Mouco, marqueteiro de Temer.

A alteração era esperada há algumas semanas no âmbito das negociações para a reforma. Carlos Alberto Decotelli, que presidia o órgão, assumirá a Secretaria de Mobilidades Especializadas de Educação (Semesp) na vaga de Bernardo Goytacazes.

Leia também:
Fundaj e FNDE firmam parceria para fortalecimento da Educação no Norte e Nordeste
Plano Nacional de Educação pode ajudar a atingir metas da Agenda 2030
Novo bloqueio do Orçamento atinge R$ 348 milhões da Educação

Dias foi processado por uma suposta agressão à ex-mulher, que teria ocorrido em 2014, e chegou a ser preso. Advogado de formação, sempre negou o crime. Em 2018, a indicação de seu nome para a Anvisa causou forte reação de servidores da agência por causa dessa denúncia.

Neste ano, Dias compôs a equipe de João Doria (PSDB) no governo do estado de São Paulo. Ele foi diretor administrativo e financeiro da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), onde também ocupou a prediência do conselho de administração.

O FNDE é vinculado ao MEC e responsável pela maioria das ações e programas da educação básica do país, como transferências de recursos para obras e compras de livros didáticos. As nomeações serão publicadas no Diário Oficial da União (DOU). A reportagem tentou contato com Dias, mas não obteve contato até esta publicação.

Veja também

Pernambuco apresenta melhor cenário econômico do Nordeste
Pesquisa

Pernambuco apresenta melhor cenário econômico do Nordeste

Governo manda Força Nacional para conter incêndios em Mato Grosso
Força Nacional

Governo manda Força Nacional para conter incêndios em Mato Grosso