RMR

Após vazamento causado por chuvas, fornecimento de água é retomado a partir desta segunda

Segundo a Compesa, trecho de adutora foi atingido por deslizamento de terra. Ao todo, 21 localidades do Grande Recife foram afetadas

Gota d'água caindo de torneiraGota d'água caindo de torneira - Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Interrompido em meio às inundações provocadas pela chuva forte dos últimos dias, o abastecimento d’água em 21 localidades da Região Metropolitana do Recife (RMR) deverá ser normalizado a partir desta segunda-feira (1º). A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou que concluiu, na noite deste domingo (28), o serviço de reparo em um vazamento no Sistema Botafogo.

Segundo a companhia, foi identificado, no último sábado (27), um vazamento de grande proporção na adutora de água bruta de Arataca, atingida por um deslizamento de terra, expondo parte de um trecho aéreo do aqueduto, que estourou. Com a finalização do serviço, o abastecimento voltará gradativamente e conforme o calendário. Veja as áreas impactadas:

- Igarassu: Centro e Sítio Histórico (previsão de normalização a partir das 12h)

- Abreu e Lima: Alto José Bonifácio (Barracão), Alto São Miguel Baixo e Matinha

- Paulista: Maranguape 1 (áreas 1 e 2), Paratibe (área 4), Pau Amarelo, Nª Sra. do Ó, Maranguape 2 (área 4), Mirueira.  

- Olinda: 1ª, 2ª,3ª,4ª e 5ª Etapas de Rio Doce, Jardim Atlântico, Ouro Preto, Fragoso, Bairro Novo, Casa Caiada, Alto do Cajueiro, Córrego do Abacaxi, Av. Benjamin Constante, Jardim Fragoso.

 

Veja também

Em dois anos Brasil apreende 114 milhões de maços de cigarro oriundo de contrabando
Fiscalização

Em dois anos Brasil apreende 114 milhões de maços de cigarro oriundo de contrabando

Mortes de grávidas e puérperas por Covid-19, no Brasil, dobram em 2021
Pandemia

Mortes de grávidas e puérperas por Covid-19, no Brasil, dobram em 2021